MENU

Comments (0) Comportamento

Capital erótico: sexualidade

Sharon Stone em Instinto Selvagem

 

Quem não se lembra da cruzada de pernas de Sharon Stone em Instinto Selvagem?

As pessoas estão fazendo mais sexo, querendo mais sexo, falando mais de sexo, falando mais abertamente de sexo. O assunto está sutilmente ou não estampado em campanhas publicitárias, em letras de músicas, em outdoors, filmes, novelas. Nunca se discutiu tão abertamente. Nunca antes as pessoas experimentaram tantos parceiros, nunca houve tanta exposição.

Durante 5 semanas, 5 quartas-feiras, o Sem Espartilhos trouxe 5 elementos do capital erótico. Neste ponto, já sabemos que o capital erótico é composto de 6 elementos e que caracteriza-se por um comjunto de características físicas e sociais que juntas são capazes de atrair, provocar desejo, magnetizar e quem as possui e as sabe usar leva vantagem no campo pessoal e profissional. Sendo assim, junta-se ao capital financeiro, humano e social para compor o patrimônio pessoal de alguém. Os 6 elementos são:

1- Beleza

2- Sensualidade

3- habilidades sociais

4- Vivacidade 

5- Apresentação e Visual

6- Sexualidade.

Sexualidade é o tema de hoje!!!

Diferente dos demais elementos do capital erótico que estão visíveis aos olhos, a sexualidade só pode ser medida na intimidade, entre o casal. Estamos falando de:

-libido

-energia

-imaginação

-competência sexual

Espera-se que esta experiência varie de acordo com a idade e a experiência de cada pessoa. A libido isoladamente não é suficiente para garantir competência sexual, mas uma libido alta faz com que as pessoas procurem mais por sexo e experimentem mais, o que pode resultar em habilidade sexual.

Quem é que nunca ouvir falar de casais que se davam tão bem na cama que resolviam todos os problemas com sexo?

Ou de pessoas que se sujeitavam a relacionamentos infelizes que eram compensadores sexualmente?

Grande habilidade sexual, segundo as pesquisas, é algo que poucos possuem. A grande maioria das pessoas se relacionam sexualmente, mas de maneira moderada, uma minoria não se relaciona e outra parte se relaciona com grande intensidade.

Mesmo variando entre culturas, eu acredito que a maioria das mulheres ainda não chegou a maturidade sexual que a maioria dos homens possuem. Apesar de também experimentarem mais, ainda recai sobre nós o peso da liberdade sexual. Não lidamos com o assunto da mesma forma.

Muitas ainda se sentem vítimas de machos inescrupulosos que queriam apenas levá-las para cama. Ao invés de se beneficiar da experiência, se amarguram e se fecham. Se viram contra a experiência. Fecham as pernas e se esquecem que sexo consentido também é amor.

Não estou defendento a postura canalha, e nem o sexo desenfreado, o que estou incentivando é a experiência consciente.

Aprender a lidar com a sexualidade é aprender a lidar consigo mesmo. Esta faceta também compõe a auto-estima, também contribiu para a cabeça erguida e o andar confiante e porque não o brilho nos olhos e a pele corada???

Apreciar a beleza rara, fluir com o carisma, usar as habilidades sociais, se beneficiar da sensualidade, enaltecer o visual, praticar a sexualidade = abastecer-se do quarto elemento do patrimônio pessoal. O capital erótico é uma realidade de atração, magnetismo e resultado. Eu uso o meu e você?

________________

Você vai amar saber também sobre:

Capital Erótico – Beleza

Capital erótico – sensualidade

Capital erótico – habilidades sociais

Capital Erótico – Vivacidade 

Capital Erótico – Visual 

Seja sua própria Musa

Mulheres incríveis

Minhas peças Paixão

O que significa estar na Moda?