MENU

Comments (0) Consultoria de Moda, Depoimentos

Depoimentos de uma consultoria

tumblr_lblw8z2K0C1qdo62to1_500

 

Uma das partes mais importantes do meu trabalho de consultoria de imagem é o feddback que eu recebo dos meus clientes. Nós convivemos longas horas durante 3, 4, 5 dias, compartilhamos sentimentos, frustações, apegos. Vamos às compras, montamos um guarda-roupa novinho e todas as sensações durante e depois do processo me enchem de curiosidade.

O depoimento desta fofa foi um dos mais honestos que já passaram por aqui. Ela preferiu não se identificar, mas deixou informações valiosas. Enjoy!!

“Doeu um pouco admitir que eu precisava de ajuda para me vestir.
Afinal, deveria ser óbvio: todo mundo se veste todos os dias, com as suas roupas que chegaram ao seu armário por escolha própria. Fácil, né?
Bom, todo mundo também sabe que fast food faz mal – e ainda assim, muitos de nós precisam de uma nutricionista para validar esta informação e orientar quanto à alimentação mais adequada de acordo com nosso biotipo, nossa rotina, nossos gostos. Você é o que você veste, o que você come, a maneira como você trata o porteiro. Mas nem todo mundo tem essa identidade esclarecida; neste caso, um bom caminho é procurar ajuda. 
 
A consultoria de moda ainda tem a reputação de ‘supérflua’ –  a mera menção de ter lido sobre consultoria num blog e me interessado pela ideia gerou as críticas clássicas: ‘mas tu vai gastar dinheiro com isso? Escolhe uma amiga que entenda de moda e faz compras com ela’. Hmmm… não tão fácil, para mim. Imaginem se eu tivesse que explicar para estas pessoas que eu chamei alguém lá de São Paulo para me orientar a me desfazer de mais da metade do meu armário?! 
 
Bom, mas vamos à consultoria: eu tinha um problema bem claro de ousadia e confiança na minha feminilidade. Um guarda-roupa super básico (mas cheio), vários brincos, anéis e pulseiras à disposição, mas usava todos os dias (há dois anos!) o mesmo par de brincos!
 
Doei mais da metade das minhas roupas. Não cheguei a ficar surpresa, nem muito angustiada, porque eu sabia que a Ju só estava me ajudando a fazer algo que eu queria fazer há tempos, mas não tinha coragem. Ao contrário das pessoas que guardam roupas para ‘ocasiões especiais’, eu guardava roupas para ‘emergências’: aquelas que já saíram há anos da pilha das preferidas, mas ficam ali, caso um dia eu não tenha o que vestir e precise delas. É claro que este dia nunca chega. Aliás, agora que meu armário está super reduzido, eu já repeti roupas e ainda não usei todas as que restaram. Não adianta: sempre tem aquela roupa que te deixa mais linda/confiante/atraente; você não vai mais usar aquelas que não usou nos últimos dois anos.
 
Com a Ju eu descobri que, no fundo, eu sabia o que ficava melhor em mim. Mas eu não ousava arriscar. Vi que a maioria das roupas que eu comprei recentemente permaneceu no armário. Foram embora as mais antigas, que já tinham uma conotação de lembrança, e aquelas que eu tinha ganhado de presente. Os calçados eram outro drama: eu tinha várias opções, mas usava all star até para trabalhar. Descobri sapatilhas bonitas e confortáveis que estavam no meu armário há anos, lá no cantinho, esquecidas. A mesma coisa acontecia com os acessórios: estavam ali, prontos para me deixar mais feminina, mas eu não usava, em nome da praticidade [leia-se insegurança/medo/outros dramas].
 
Nunca me interessei por moda e a Ju me ajudou a comprar roupas que, até então, eu não teria a ousadia de comprar sozinha. Já faz um mês, e eu ainda recebo elogios quase todos os dias, além de me sentir muito mais confiante – mesmo naqueles dias em que eu saio só com roupas e acessórios ‘velhos’ (aqueles do fundo do armário), mas bem combinados.
 
Cada um tem dificuldades diferentes, tipos físicos diferentes, objetivos distintos ao pensar em uma consultoria de moda. A Ju tem todo o conhecimento técnico do assunto para nos auxiliar, além da simpatia, que deixa todo o processo mais leve e agradável. Recomendo!”
——————————————–
Mais depoimentos: