MENU

outubro, 2013
Archive

Calça estampada

748

Use a blusa por fora da calça para disfarçar o quadril

Consultoria de Moda

outubro 28, 2013

Eu estou sempre procurando  usar o que eu tenho no guarda-roupa de maneiras diferentes. Já fazia um tempinho que não vestia esta calça e esta sandália e aí foi só pensar na parte de cima.

Três dicas legais sobre este look:

1. Usar a regata por fora da calça tira a atenção da lateral, trazendo os olhos pra frente e diminuindo o quadril.

2. A sandália nude, quase da cor da pele, ajuda a ganhar altura porque não faz cortes na silhueta.

3. Usar uma malha por cima de uma regata mais soltinha de tecido mais fino como a seda, o crepe, o cetim não marca tanto a silhueta e fica elegante.

Se você está aí pensando que não pode usar calça estampada porque tem quadril largo, pode sim. Escolha as estampas de fundo escuro como esta minha.

Beijos e bom começo de semana.

 

Calça estampada

Outras dicas sobre as calças estampadas e sobre esta calça:

Como usar a calça estampada – Vídeo 2

Como usar a calça estampada – Video 1

Calça estampada, o que avaliar antes de comprar

Calça estampada, a minha eleita

Read article

casaco azul

876

Espadrilles – Calçado clássico do verão

Sapatos

outubro 27, 2013

Esta foi uma postagem que eu fiz em 2011 ainda quando escrevia o blog do Spaço Zettha, loja multimarcas da minha querida amiga Solange Siqui.

As espadrilles voltaram fortes para o verão 2014, então que tal recordar? Amanhã publico um post com as mais disputadas do momento.

Beijos

——————————————-

Alguém dúvida que elas são a sensação do verão 2012?

As espadrilles sempre me fascinaram. Eu não me lembro da primeira vez que as vi, mas foi amor à primeira vista. Há algum tempo, eu começei uma saga para encontrar a espadrille ou espadrilha perfeita. Eu sempre as vi nos pés das européias e das americanas, apesar de em menor número, mas não era tão comum vê-las nos pés das brasileiras. Cheguei a achar que teria que ir à Espanha para comprar as minhas.

Sim, são de origem espanhola. Nasceram em 1776 na fábrica espanhola Castañer. Quando nasceram não tinham salto e nem lugar na alta moda. Eram fabricados para camponeses e pessoas modestas. Foi de um encontro entre Isabel Castañer e Yves Saint Laurent que as espadrilhas ganharam salto. E dispararam. Até hoje, YSL, Louis Vuitton, Christian Louboutin e Donna Karan contratam a fábrica para produzir as suas. http://www.castaner.com/

Para mim, elas tem um ar romântico e sofisticado que contrasta com a simplicidade do salto que é feito de cordas. É como se acrescentassem graça e leveza ao look. Adoro as fechadas com o bico arredondado porque deixam o pé menor e mais delicado e eu calço 38, então este é um fator importante.

As fitas trançadas no tornozelo são fundamentais. Vão bem com os vestidos de verão, os shorts, calça jeans. Eu uso também com saias longas e chemises.


Penso também que é um calçado que não tem faixa etária, veste bem as mulheres de qualquer idade.

 

As marcas brasileiras foram generosas este ano e eu não tive que ir tão longe comprar as minhas. Aí estão:

 

E vocês o que acham das espadrilhas? Como as usam? Dêem sua opinião lá na fanpage do Sem Espartilhos no facebook.

 

Read article

foto-51

653

Para alongar, aposte nas calças com ziper no tornozelo

Dicas

outubro 23, 2013

Adoro as calças com aquele zíper no tornozelo que permitem que a gente abra e a boca se alargue um pouco mais. Elas até se assemelham às calças flare e aí resultado bem legal: alongamento de pernas!

Notem que elas cobrem boa parte do peito do pé e usando com uma sandália mais aberta, um peep toe ou um scarpin que são sapatos que mostram o pé, a ilusão de altura fica completa.

Me sentindo bem perua hoje com a calça de couro ecológico prata e a sandália de onça rs.

foto-51

Read article

choices

986

A sua verdade é imbatível

autoestima, Consultoria de Moda

outubro 22, 2013

choices

Nós fazemos nossas escolhas, e depois nossas escolhas nos fazem.

Já parou para pensar quantas vezes já se deixou levar pelo julgamento e pela opinião dos outros quando temos que tomar decisões? Não há nada de errado em escutar, muito pelo contrário, saber ouvir é uma arte e pode nos levar longe. O problema é quando levamos em conta tudo que os outros falam sem aquele filtro interno tão importante que nos ajuda a discernir o que é bom para nós ou não.

Passamos um tempão agindo pela verdade dos outros, a começar pela verdade dos nossos pais que são normalmente nossas primeiras referências. Compramos esta verdade porque precisamos de alguma para nos guiar. E ela influencia o que comemos, vestimos, pensamos de nós mesmos e dos outros, nossas preferências políticas, etc. Um passo importante no amadurecimento, no entanto, é encontrarmos a nossa.

É aí que entra o processo de investigação interna. Autoconhecimento é uma ferramenta poderosa em todas as esferas da nossa vida. Reflete a maneira com que nos relacionamos com nós mesmo e com todos ao redor. É o que nos mostra por qual caminho queremos seguir, que estilo de vida vamos construir e que experiências vamos colher.

O problema está em procurarmos a diferença do lado de fora. A investigação é interna. Cada um de nós é composto de características únicas, peculiares e que contribuem para a diversidade do planeta.  Fora, podemos buscar referência e identificação, mas é dentro que reside a verdade.

É no exercício de se conhecer que está a chave da descoberta.

Como consultoria de moda eu tenho visto aflorar mulheres incríveis que decidiram parar por alguns dias para se render ao despertar de sua personalidade pelo guarda-roupa.

A gente identifica muito mais que tipo de roupa a pessoa gosta mais ou menos, ou qual delas veste melhor ou pior no manequim dela. Falamos de vida e da maneira como cada uma quer conduzir a sua vida e o que não quer mais.

São estas as informações que me ajuda a construir um novo guarda-roupa. É a muda despertada dentro de cada cliente que ganha vida durante e permanece após a consultoria.

Falamos de uma mulher e seus desejos e não de roupas e marcas.

O meu trabalho de consultora de estilo pessoal traz mais verdade à vida de todas as mulheres que eu já atendi e consequentemente ao guarda-roupa.

Se dê está oportunidade. Você é a única responsável pela sua felicidade. Comece organizando suas roupas. É um belo exercício de organização da vida. Anote as coisas que vierem a sua cabeça durante o processo. Observe o aprendizado.

Beijos.

———————————————-

Algumas dicas para começar:

Não existe tipo físico ideal, existe o seu

Autoestima, você está de bem com a sua?

A imagem também é um patrimônio

Seja sua própria musa

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 1

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 2 – como sei o que tirar do armário

Passos para um guarda-roupa flex:postagem 3 – como organizar uma lista de compras

Mandamentos do guarda-roupa flex

Read article

araradasemanarevistadamha

729

Arara da semana em revista

Consultoria de Moda

outubro 22, 2013

Eu sou uma entusiasta da Arara da Semana como vocês bem sabem né. Incentivo, explico, insisto, toda semana falo dos benefícios que ela traz para a correria do dia a dia. Eu realmente acredito nesta ideia, quero que ela cresça e atinja o guarda-roupa de quantas mulheres for possível. Por este motivo, resolvi escrever sobre o tema na minha coluna bimestral da Revista Damha e espalhar pelo interior de São Paulo onde a revista é distribuída.

Conto com vocês para ajudarmos a fazer a nossa vida e a de tantas outras mulheres mais fácil e mais em paz com o guarda-roupa e a autoestima.

Dêem uma chegadinha lá e contem para as amigas. Coisa boa a gente compartilha.

Para vestir-se bem é preciso organização e planejamento

 

Para quem não leu os outros, os links estão aqui embaixo.

Vestir-se vai muito além de cobrir o corpo

Autoestima, você está de bem com a sua?

Alguns outros textos que você vai gostar:

Menos é mais também no guarda-roupa

A terceira peça: porque usar coletes, cardigans, jaquetas, blazers…

Com que calçado posso usar meia-calça?

Arara da semana – aprendendo a combinar cores

A imagem também é um patrimônio

 

 

 

 

Read article