MENU

fevereiro, 2014
Archive

colar e saia

585

Misture para criar interesse!!

Consultoria de Moda

fevereiro 27, 2014

Uma das perguntas que mais me fazem nas consultorias é quanto à mistura de cores entre roupas e acessórios.

Uma regrinha bem prática: quanto mais longe as peças estiverem umas das outras menos interferência elas tem.

O meu colar tem tons de azul, vermelho e preto e a saia e mostarda e preta. Estão tão distantes que não se confunde e sem dúvida deixam o look bem elaborado.

 

colar e saia

 

 

Outros posts bem bons:

Calças com zíper no tornozelo alongam

Não existe tipo físico ideal, existe o seu

Autoestima, você está de bem com a sua?

A imagem também é um patrimônio

Seja sua própria musa

 

Sobre estampas

Truque para disfarçar o quadril

Como usar a calça estampada – Vídeo 2

Como usar a calça estampada – Video 1

Calça estampada, o que avaliar antes de comprar

Calça estampada, a minha eleita

Read article

cobra

608

A vez da cobra

Consultoria de Moda, Radar

fevereiro 26, 2014

A onça é imbatível nas minhas preferências por alguns motivos:

1. porque gosto mesmo da estampa

2. porque tem cores fáceis de combinar: fica bom com preto, off-white, pink, limão, azul

3. é uma das estampas mais chiques se for moderada e com tons de marrom

4. é uma estampa de personalidade

5. acho a onça um dos bichos mais lindos do reino animal

 

A cobra, por outro lado, como bicho não me agrada muito não. Agora, como estampa, é bem sexy.

A mais sofisticada delas é a Python que sempre custa alguns mil reais em sapatos e bolsas. A boa notícia é que a tecnologia permite às marcas fabricar lindas cobras sintéticas e estampa-las em sedas, malhas, couro, sintéticos.

Resultado: dá para todo mundo ter cobra se quiser e em vários tons: cinza, azul, verde, rosa.

cobra

O jeito mais fácil de começar a brincar com texturas e estampas é optar por uma das peças em tom bem neutro como esta calça. Textura micro de cobra na calça e estampa maxi na blusa.
O importante é lembrar que sempre uma delas tem que predominar.

 

Navegue um pouco mais pelo Sem Espartilhos:

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 1

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 2 – como sei o que tirar do armário

Passos para um guarda-roupa flex:postagem 3 – como organizar uma lista de compras

Mandamentos do guarda-roupa flex

Menos é mais também no guarda-roupa

A terceira peça: porque usar coletes, cardigans, jaquetas, blazers…

Com que calçado posso usar meia-calça?

Arara da semana – aprendendo a combinar cores

A imagem também é um patrimônio

Read article

bermuda2

679

Bermuda Sim

Consultoria de Moda

fevereiro 2, 2014

Toda vez que chega o verão, me vem à cabeça a vontade de se mais flexível quanto às escolhas das roupas de trabalho. Para quem não sabem, além de consultora de estilo, tenho também uma empresa no ramo de equipamentos médicos e os códigos de vestimenta nestes dois ambientes é drasticamente diferente.

Já conversamos no Sem Espartilhos algumas vezes sobre a linguagem subconsciente das roupas que a gente veste. E que elas podem ajudar ou atrapalhar a comunicação. Roupas escuras passam mais seriedade, profissionalismo, tradição, por exemplo, ao contrário do que dizem as claras que geralmente significam pureza, leveza, limpeza. Estas ideias são julgamentos instantâneos que vem à mente das pessoas e por isso, as empresas estabelecem regras para os funcionários.

Estas regras funcionariam bem não fosse o calor que faz no Brasil, não só no verão, mas durante o ano todo, com exceção do Sul do país. E em São Paulo onde eu moro, o verão atingiu as temperaturas mais altas dos últimos 70 anos.

Eu experimentei alguns looks menos formais ou esperados que já dividi na fanpage do Sem Espartilhos e no Instagram e posso dizer com toda certeza que são muito mais confortáveis do que salto altos e calças de alfaiataria em um calor de 34 graus no concreto de São Paulo.

Não será nada fácil nem rápido mudar os hábitos e julgamentos, mas fica a vontade de se vestir com mais liberdade. Aproveitei a oportunidade para apoiar a ideia de homens poderem ir ao trabalho de bermuda. Incentivei o meu marido, que é psicólogo, a começar e ele adotou a ideia oras combinando com camisas de manga comprida e mangas dobradas, oras com camisas polo. Liberdade de vestir não significa usar qualquer coisa, mas ter um pouco mais de flexibilidade, mantendo sempre a elegância: nada de decotes , minissaias, vestidos grudados nem maquiagem de balada para as mulheres, nada de chinelos ou bermudas de skatistas para os homens. Depois das fotos, tem um texto do meu amigo, também consultor de estilo, sobre o movimento “bermuda sim”.

saiadebabado saiaderendareose

saiadeseda

vestidolongo

Movimento Bermuda Sim, por Adriano Nunes

Lembro que há uns 02 meses atrás estava ansioso pelo verão… Hoje, dia em que a temperatura passa dos 30° aqui em Sampa, me arrependo desse desejo. Fazer qualquer atividade que exija o mínimo esforço virou um suplício. E olha que troquei as calças pelas bermudas e adotei camisetas leves desde que as temperaturas começaram a ficar insuportáveis.

Venho acompanhando o movimento #bermudasim que nasceu no Rio de Janeiro – onde a sensação térmica anda atingindo a casa dos 50°. O propósito é convencer os chefes a autorizarem o uso de bermudas no trabalho. Uma iniciativa inteligente, afinal vivemos num país tropical e muitas empresas deveriam levar isso em consideração na hora de desenvolver os seus dresscodes.

Ok, Eu sei que em determinados nichos usar bermuda é uma realidade impossível, mas pequenas mudanças já podem, e muito, aliviar a barra (com perdão do trocadilho). Como por exemplo, não usar a gravata para quem faz uso do terno ou permitir camisas de manga curtas pra quem trabalha em ambientes menos formais.

Separei algumas ideias para os sortudos que tem a possibilidade de trabalhar de bermudas, mas que nem por isso devem parecer estar de férias no ambiente profissional. A dica é usar a peça com camisas – de algodão ou viscose – ao invés das camisetas.

Abaixo looks de street style e algumas combinações que bolei com peças a venda no Farfetch:

 

bermuda1

bermuda2

bermuda3

bermuda4

bermuda5

Adriano Nunes é consultor de imagem, adora falar, conhecer pessoas, é observador. Ama arte, moda,  música, cinema, estudar história e está sempre pronto para uma nova viajem! Quem quiser entrar em contato, sugerir novos posts ou tirar dúvidas é só escrever para: [email protected]

 

No facebook é: Adriano Nunes Consultoria

No Instagram procurem por: Adrianonns

Read article