MENU

Comments (0) autoestima, Confissões, Depoimentos

Depoimento: Um ano após a consultoria

Há exatamente um ano, fiz uma consultoria de estilo completa com a Ju.

Achei interessante trazer esse depoimento para mostrar que a consultoria é como um catalisador,  acelerando a mudança latente em nós, e como as coisas vão se sedimentando e amadurecendo depois.

Meu estilo ficou mais sofisticado após a consultoria e ainda faço progressos (dentro das limitações da minha rotina de trabalho). Busco me expressar elegante e poderosa e ao mesmo tempo busco me tornar mais leve e jovial.

Não tenho mais quase NENHUMA peça da época da consultoria (exceto as peças da etapa de compras, claro).

Explico: a limpeza durante a consultoria foi o “pontapé inicial” para eu continuar me aprimorando.

Por falar em “pontapé inicial”, a injeção de autoestima que tive na época foi importante para iniciar uma reeducação alimentar bem bacana. Emagreci bastante (10kg) e isso contribuiu para que me sentisse ainda melhor na minha própria pele.

Passei a comprar menos e melhor.

Importante: adquiri coragem para gastar mais numa peça-chave, pois sei como e por que fará diferença. Até meu olhar sobre editoriais de moda mudou! Antes eu achava que a moda era de certa forma “intangível”, pois pouca coisa iria de fato funcionar no meu corpo e na minha rotina (pura desculpa para não ousar).
Agora que tenho mais conhecimento (sempre fui mega cdf e até hoje sinto necessidade de regras e lógica para algumas decisões), me sinto bem mais segura para gastar, combinar e ousar nas escolhas de roupas. Tinha mania de “combinar demais” e isso acrescentava previsibilidade, idade e caretice aos meus looks.
Frescor e leveza sempre foram desafios para mim.
Pasmem: ganhei um par de alpargatas que amo de paixão! Justo eu que tinha “banido” o bico redondo… Lição: nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

Meu desafio fashion atual é adotar pelo menos uma tendência por ano. Regra de ouro: desde que me favoreça! Em 2014 adotei o kimono e aos poucos estou aprendendo a usá-lo (terceira peça é ótima mas super desafiadora para quem usa jaleco no trabalho). Ah! Já ia me esquecendo do macacão… Peça-delícia que alonga e salva naqueles dias de preguiça de pensar!

A tal “preguiça de pensar” foi minimizada com a “arara da semana”. Uso a arara sem moderação, que é para não ficar repetindo os looks favoritos e para  me obrigar a criar combinações novas. Confesso que já tive que “esconder” algumas peças para parar de usá-las um pouco.

Capítulo das calças:
Meu ponto mais fraco eram as calças. Como tenho sobrepeso, só conseguia usar preto ou jeans escuro. Meu guarda-roupa se assemelhava ao da Mônica (personagem dos quadrinhos de Mauricio de Souza) quando ela abria o armário e só tinha os famosos vestidos vermelhos todos iguais. Antes da consultoria, comecei a ousar nas blusas e arrisquei até estampas. Os looks ficavam com calças quase iguais, variando as blusas. Não funcionou bem porque o guarda-roupa ficou sem flexibilidade, sem criatividade e ainda por cima enjoo rápido de estampas.
A Ju me ajudou a me libertar do jeans e me abriu outras possibilidades (inclusive a minha preferida: calça de onça!). Depois tentei algumas calças coloridas mas não me adaptei. Erros e acertos do meu percurso fashion. A busca não parou. Meu recorde atual são três “transgressões” numa mesma peça: uma calça jeans clara, cropped e rasgada! Faço o tal look “high-low” com a calça “transgressora” associada a blusas de seda.
Percebi que modo de usar faz a peça mais ou menos “envelhecedora” ou “careta”, não a peça em si.
Hoje, pela regra do 5:1 (5 partes de cima combinando com cada parte de baixo), entendi que calças estampadas são boas nessa proporção e também no desejo de variar (já que vestidos e saias não são meu forte).

O saldo do ano pós consultoria foi muito positivo no vestuário e na vida como um todo. Melhorar meu modo de vestir melhorou muito meu olhar sobre mim. Busco cada vez mais generosidade, amor e aceitação na relação com meu corpo. Todas essas coisas boas se refletiram na dieta, no trabalho, nas finanças e até na vida amorosa.

Planejo fazer outra consultoria (com a Ju) para lapidar e sofisticar ainda mais as minhas escolhas de roupa, de cabelo, de maquiagem e (por que não?) de vida. Quanto mais conhecimento se tem, mais se adquire (algo exponencial).
Beijos!
Fla

P.S.: Obrigada, Ju! A admiração que sinto por você me levou até a consultoria e gerou uma grande e profunda amizade!

calçaestampada

oncas

saialonga

calçarasgada

rendaverde

————————————–

Veja mais depoimentos de consultoria:

Consultoria compacta – Paty

Consultoria completa

Como a arara da semana mudou a minha vida

Depoimento de uma ex-básica