MENU

guarda-roupa planejado
Search Results

1182

O que vale a pena ou não pagar caro?

Consultoria de Moda, Dicas

fevereiro 14, 2013

arara

Eu recebi esta pergunta de uma leitora do Sem Espartilhos e imaginei que outras pessoas poderiam ter a mesma dúvida.

Existem alguns critérios que podem ajudar nesta decisão:

– pense se realmente aquela peça poderá ser usada muitas vezes, sendo ela de tendência ou não. Exemplo: você se apaixonou por uma calça estampada, uma peça que foi o hit deste verão e que provavelmente será vista no próximo ainda que com menos intensidade. Se achar que deve comprar, use, use, use, repita mesmo, gaste a peça. Assim, terá valido a pena. Aconselho sempre a dividirmos o valor da peça pela sua utilidade.

– pense o quanto esta peça te incomodaria se fosse usá-la repetidamente, há peças que marcam muito e que temos a impressão de que ela será lembrada sempre e a todo momento pelas pessoas que já a viram. Se você não se importar com isso, compre, caso contrário, escolha uma que não custe tanto.

– avalie sempre a qualidade. Uma peça cara tem que sobreviver impecavelmente todas as vezes que você vestir. Claro que isso depende da maneira que como usa e mantém suas roupas. (CabidesComo guardar suas roupasComo guardar suas roupas: fotosComo guardar seus sapatosComo guardar suas bolsasGuarda-roupa planejado)

– vale a pena pagar caro por uma peça que combine com pelo menos outras 5 do seu guarda-roupa. De nada vale comprar algo que não possa ser usado com nada mais do que você já tem. Do contrário, só vai fazer com que você sinta que não tem nada para vestir.

Além de levar em consideração estes critérios, existem peças que sempre valem o investimento se forem o seu estilo. (o que eu preciso)

– um bom jeans

– uma camisa branca que pode ser de algodão ou de seda, ou as duas

– uma calça de alfaiataria preta. Coringa para várias ocasiões que pedem um look mais formal

– um infalível pretinho básico

– uma jaqueta de couro

– um casaco com caimento perfeito

– um belo par de botas

– uma bolsa incrível

– um brinco de pérolas

– bijouterias de impacto (leia mais)

Beijos.

Read article

Sapatos Fascinantes, por Carmem Munhoz

Acessórios, Arte, beleza, Design, Estética, Estilistas, Estilo, História, Luxo, Moda, Sapatos

setembro 28, 2012

 

Arielle Dombasle em ensaio fotográfico para 20 anos de Christian Louboutin

Invocando o fetiche pelos sapatos femininos Christian Louboutin criou um vídeo muito especial para comemorar os 20 anos da marca. Recheado de inovação, criatividade, ousadia, glamour e idealização fetichista o vídeo, que na verdade é o making off do ensaio fotográfico, mostra o poder que um par de Louboutin pode proporcionar a quem o usar.

Acostumado a desenhar calçados desde criança (aos 15 anos desenhou calçados para dançarinas) o designer francês cria sapatos que deixa as mulheres incrivelmente femininas.

As famosas solas vermelhas laqueadas são como uma assinatura do designer. Também marcam os passos da mulher que os usa, pois como um perfume, deixam um registro visual puxando os olhares para  acompanhar o seu caminhar.

Ficheiro:Louboutin altadama140.jpg

Christian Louboutin

Ficheiro:LagguageShoe by ChristianLouboutin.jpg

Christian Louboutin

Christian Louboutin

 

As mulheres anseiam por um visual que chame a atenção para sua feminilidade. Os homens são atraídos por corpos que se insinuam. Os sapatos de salto alto são as ferramentas perfeitas para o sutil jogo da sedução.

Outro criador de sapatos fascinantes é Manolo Blahnik. O espanhol foi nomeado Designer de Acessórios do Ano pelo Conselho Britânico de Moda em 1990 e 1999.  “Um belo par de Manolos é melhor que sexo”, disse Madonna. “Claro, dura muito mais”, completou o estilista. Sarah Jessica Parker era uma “viciada em Manolo” no seriado Sex and the City, onde interpretava a protagonista Carrie Bradshaw. Na vida real, se tornou sua melhor garota-propaganda.

Ficheiro:Manolo Blahnik.jpg

Manolo Blahnik

Manolo Blahnik

Manolo Blahnik

 

Já o estilista Jimmy Choo acredita que não é preciso ter dinheiro para ser elegante, porém afirmou que “as pessoas pagam o que eu pedir por uma criação minha”. Realmente seus sapatos são considerados obra de arte. Malasiano radicado na inglaterra, diz que é preciso compreender a mulher antes de desenhar para ela. O peculiar designer sustenta hoje um império do luxo avaliado em US$ 800 milhões.

“A princesa Diana era uma mulher insegura. Achava seus pés feios e não usava sandálias de jeito nenhum”, revelou em entrevista para a ISTOÉ.

img1.jpg

Jimmy Choo chaussures luxe femme

Jimmy Choo

 

Outros designs de sapatos fascinantes:

 

Design Alexander McQueen

 

 

Miu Miu chaussures femme luxe discount

Design Miu Miu

 

dior

Dior

 

Sapatos são fascinantes, bem sabe Cinderela!

 

 

beijos e até a próxima!

 

————————

Carmem Munhoz é artista plástica, arte-educadora, artesã, ilustradora, pesquisadora e designer de bijus, mãe, esposa, mulher. Ama a vida, a família, seus alunos, e pela arte é apaixonada desde pequena. Algumas das bijus da Carmem podem ser encontradas clicando neste link ou no facebook.

 

Carmem Munhoz no Sem Espartilhos:

A história das bolsas – parte 1

A história das bolsas – parte 2

A história das bolsas – parte 3

A história das bolsas – parte 4

A história das bolsas – parte 5

A história das bolsas – parte 6

A história das bolsas – parte 7

A história das bolsas – parte 8

A história das bolsas – parte 9

Minha história com o crochê

Como usar um maxi colar

Fashion Rio

 

Mais sobre sapatos:

Como guardar seus sapatos 2

Sapatos: como guardar

 

Mais sobre bolsas:

Eu preciso de uma bolsa de marca?

Como guardar suas bolsas

 

Sobre manutenção:

A importância do armário organizado

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Guarda-roupa planejado

 

Read article

Luxo por mãos brasileiras – por Carmem Munhoz

Acessórios, Bolsas, Consultoria de Moda, Design, Estilistas, Estilo, História, Luxo, Moda

setembro 21, 2012

Maravilhosas bolsas da grife Carlos Falchi

Carlos Falchi Moroccan Bag

Carlos Falchi é dono de uma grife que fatura mais de US$40milhões por ano. Mineiro, Carlos Falchi confessa que falar do Brasil dá vontade de chorar… pois foi viver em Nova York em 1964, quando tinha apenas 18 anos de idade. Começou como ajudante de garçom em um badalado bar frequentado por brilhantes personalidades: o Max´s Kansas City. Customizava suas próprias roupas com couros exóticos e foi assim que chamou a atenção e recebeu encomendas de algumas celebridades como Mick Jagger, Miles Davis, Tina Turner e Elvis Presley!

Falchi tem sua grande chance em 1970, quando mostrou suas bolsas para a loja de grifes Bendel. Tamanho foi o sucesso que Yves San Laurent   chamou-o para conhecer suas criações, ocasião em que lhe encomendou vários trabalhos exclusivos.

Falchi projeta bolsas delicadas combinando cores e padrões de forma inusitada. Suas criações são tão apreciadas nos Estados Unidos que chegaram a ser exibidas na série Sex and the City. Carlos Falchi, com clientes como Madonna e Cher, admite que volta e meia vem ao Brasil para uma dose de brasilidade, pois é daqui que tira toda sua inspiração criativa.

Assista ao vídeo, pois é o próprio Carlos Falchi que conta sua história:

Carlos Falchi (Planeta Brasil)

Eu confesso que fiquei emocionada!

Beijos e até a próxima!

———

Carmem Munhoz é artista plástica, arte-educadora, artesã, ilustradora, pesquisadora e designer de bijus, mãe, esposa, mulher. Ama a vida, a família, seus alunos, e pela arte é apaixonada desde pequena. Algumas das bijus da Carmem podem ser encontradas clicando neste link ou no facebook.

 

Carmem Munhoz no Sem Espartilhos:

A história das bolsas – parte 1

A história das bolsas – parte 2

A história das bolsas – parte 3

A história das bolsas – parte 4

A história das bolsas – parte 5

A história das bolsas – parte 6

A história das bolsas – parte 7

A história das bolsas – parte 8

Minha história com o crochê

Como usar um maxi colar

Fashion Rio

 

Mais sobre bolsas:

Eu preciso de uma bolsa de marca?

Como guardar suas bolsas

 

Sobre manutenção:

A importância do armário organizado

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Guarda-roupa planejado

 

 

Read article

Peeling de Diamante por Solange Kawlowski

beleza, Estética, Maquiagem, Tipo Fisico

setembro 18, 2012

 

Eu já tive muitas dúvidas acerca de peeling e os peelings de ácido são muito agressivos para a minha pele. Por este motivo pedi que a a Solange voltasse para explicar o que é o peeling de diamante e o que ele faz pela pele.

—————–

Olá pessoal,

Hoje vou falar de um aparelho que adquiri no ano passado e que tenho obtido muito bons resultados nas peles de minhas clientes. É o peeling de diamante.

O peeling de diamante nada mais é do que um tipo de dermoabrasão que tem como função remover as células mortas, melhorar a circulação sanguínea, estimular a produção de colágeno, elastina e ácido hialurônico, tornando a pele mais elástica, suave e fresca.

É uma espécie de caneta com uma ponteira de diamante, que vai sendo passada sobre a pele. O procedimento do peeling diamantado não requer qualquer tipo de recuperação permitindo que os clientes retornem imediatamente para seu trabalho diário e atividades sociais. Apenas é necessário ficar mais atento com o cuidado em lidar com a nova pele. Durante esse período faz-se necessário o uso de protetor solar, evitanto ficar próximo a objetos muito quentes ou ficar exposto à luz solar direta.

Eu utilizo o peeling após a limpeza de pele, nas hidratações faciais, tratamentos de manchas, rugas, sempre associado aos produtos específicos para cada caso e o resultado é excelente!

Tenho tido também bons resultados nos tratamentos das estrias, tanto nas novas eliminando-as totalmente, como nas antigas, diminuindo bastante a visibilidade. O método é indolor, mas não se deve tomar sol no local durante uns 3 meses.

O ideal são 10 sessões a cada 15 dias ou até após um mês, tudo dependendo do tipo de pele e problema a ser tratado!!!
Beijos

——————–

Solange Kawlowski é  esteticista holística formada na Alemanha, psicoterapeuta transpessoal e bioenergética. Mãe de 3 filhos, mulher vegetariana que adora fazer retiros de autoconhecimento e meditação. Entrem no site e conheçam um pouco mais do trabalho dela: http://www.belezaeconsciencia.net/

_____________________________

 

Cuide da sua pele:

Limpeza de pele

Drenagem linfática

 

Conheça o seu corpo:

1. tipo físico ideal

2. tipo físico triângulo

3. tipo físico triângulo invertido

4. tipo físico redondo ou oval

5. tipo físico retangular

6. tipo físico ampulheta

7. tipo físico diamante

Resgate-se pela moda

Seja sua própria musa

Como ser a sua própria musa

Estilo

10 passos para realizar uma grande mudança por Frederico Mattos

 

Sobre o Capital Erótico:

Capital erótico – entrevista de emprego

Capital Erótico – Beleza

Capital erótico – sensualidade

Capital erótico – habilidades sociais

Capital Erótico – Vivacidade 

Capital Erótico – Visual

Capital Erótico – Sexualidade 

 

Sobre Consultoria de Moda:

Armadilha das compras

 

Como guardar as suas peças

Cabides

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Guarda-roupa planejado

Read article

Moda e arte. Surreal!!! por Carmem Munhoz

Acessórios, Arte, beleza, Bolsas, Estilistas, Estilo, História, Maquiagem, Moda, Sapatos

setembro 14, 2012

 

 

Vestidos de Elsa Shiaparelli com inspiração surrealista

O surrealismo foi um movimento artístico e literário que surgiu em Paris em 1920. Influenciados pelas teorias psicanalíticas de Sigmund Freud, artistas como Salvador Dali, Marx Ernest, André Breton, René Magrite, Marcel Duchamp, Man Ray, Francis Picabia e Luis Buñuel, entre outros, passaram a explorar o inconsciente como fonte para suas criações.

Na moda, a estilista Elsa Shiaparelli adotou o surrealismo como sua linguagem e estilo. Elsa criou inúmeras bolsas dentro desse estilo, como a bolsa “Música” com som e luzes.

Extravagante, além de bolsas criou chapéus e vestidos. Inaugurou o desenvolvimento de coleções temáticas como conhecemos hoje. Inventou o shocking pink – tom de rosa forte e brilhante que utilizou em vários produtos. Foi a 1a. estilista a utilizar o ziper nas roupas de alta-costura. Fez diversos trabalhos em parceria com Salvador Dali e inspirou-se em outros surrealistas.


Chapéu sapato, parceria com Dali.

 

o Telefone Lagosta de Dali inspirou o vestido de Elsa.

 

As gavetas do inconsciente – teorias de Freud nas obras de Dali e Shiaparelli:

O Contador Antropomórfico e

Vênus de Milo com Gavetas, ambas de Salvador Dali, obras de 1936, inpiração para Elsa no casaco-gaveta:

 

Desenho de Elsa  para o casaco-gaveta.

Casaco-gaveta pronto.

Elsa e o surrealismo continuam influenciando a moda:

mão

Katty Perry em vestido da Neon.

“Le Violon d’Ingres” obra do fotógrafo surrealista Man Ray, 1924.

 

e novamente Katty Perry no vestido de Jean Charles de Castelbajac.

 

Colar criado por Elsa Schiaparelli e a atriz Blake Lively.

 

A criatividade não tem limites para os estilistas de bolsas:

Bolsas e colar da Azumi.

 

Crédito: Reprodução/Glamour

 

01

Carteira em formato de bola de futebol americano de Alexandre Herchcovitch, a bolsa-máscara de Karl Lagerfeld e a galinha da Q-Vizu.

Autenticidade na obra da designer de bolsas espanhola Inés Figaredo:

Eu adorei e você?

Semana que vem tem mais, beijos e até lá!!

————

Carmem Munhoz é artista plástica, arte-educadora, artesã, ilustradora, pesquisadora e designer de bijus, mãe, esposa, mulher. Ama a vida, a família, seus alunos, e pela arte é apaixonada desde pequena. Algumas das bijus da Carmem podem ser encontradas clicando neste link ou no facebook.

 

Carmem Munhoz no Sem Espartilhos:

A história das bolsas – parte 1

A história das bolsas – parte 2

A história das bolsas – parte 3

A história das bolsas – parte 4

A história das bolsas – parte 5

A história das bolsas – parte 6

A história das bolsas – parte 7

Minha história com o crochê

Como usar um maxi colar

Fashion Rio

 

Mais sobre bolsas:

Eu preciso de uma bolsa de marca?

Como guardar suas bolsas

 

Sobre manutenção:

A importância do armário organizado

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Guarda-roupa planejado

 

Read article