MENU

Bolsas
Category

CLOSET

1197

Mandamentos do guarda-roupa flex

Acessórios, Bolsas, Sapatos

setembro 11, 2013

 

CLOSET

O closet ideal não está no tamanho físico que ele tem, mas nas possibilidades de intercâmbio entre as peças que ele oferece.

Ter um guarda-roupa flex significa abrir o armário e ter lá dentro peças que se combinam, acessórios que completam as roupas e a bolsa que arremata o look com chave de ouro.

O Sem Espartilhos fala sobre este assunto o tempo todo e hoje eu resolvi escrever em uma postagem só algumas regrinhas de ouro.

1. Roupas: 5×1 lembrem-se que nos relacionamos com os outros na parte de cima do corpo. É para o que estamos vestindo na parte de cima: blusas, coletes, colares, jaquetas, brincos, tiaras que as pessoas olham enquanto conversamos e imediatamente quando nos veem. Por este motivo, é muito mais vantagem ter mais peças para a parte de cima do que para a parte debaixo. A regra aqui é de 5×1, ou seja para cada calça que tem no armário, 5 blusas. Imagina a flexibilidade que isso te dá!!

2. Sapatos: se o teu guarda-roupa é muito colorido, prefira os sapatos neutros para harmonizar e não ficar com os looks coloridos demais. Se, ao contrário, no teu guarda-roupa predominam as cores neutras, os sapatos podem ganhar mas cores e aí você consegue dar mais vida ao teu look. Esta pode ser uma boa maneira de manter seu visual atualizado, já que pode optar por aplicar alguma tendência atual de moda nos sapatos.

3. Bolsas: já foi o tempo em que as bolsas precisavam ser combinadas com os sapatos. Basta que elas estejam em harmonia com as cores que está vestindo. A bolsa que você precisa ter depende muito do guarda-roupa que você tem, do seu estilo e do seu ambiente de trabalho.

Bolsas mais rígidas são mais clássicas e se adaptam bem a um ambiente de trabalho mais conservador.

Mae-Classica-Bolsa-Prada-417x450

Bolsas mais molengas do tipo sacola são mais informais e servem para ambientes mais descontraídos.

neverfull ebene damier

Em termos de cor, acho o marrom e suas variáveis (conhaque, bege, caramelo, off-white) muito mais versátil que o preto. Tenha uma preta como segunda opção.

4. Bijus:

Brincos: aposte no brinco ponto de luz e na pérola como dois grandes coringas. São usáveis com tudo e não brigam com roupa nenhuma.

Pulseiras: tenha sempre as mais discretas e fininhas se quiser uma aparência elegante.

Colares: os mais delicados são mais clássicos e elegantes. Os maxicolares dão um ar mais poderoso. É legal ter um de cada para variar a imagem que quer passar.

Anéis: vale a mesma regra. Os menores são mais clássicos e mais elegantes. Os anéis mais largos e brilhosos são mais luxuosos e poderosos.

Se você gosta de usar acessórios é importante se atentar ao tamanho das peças. Se já está usando uma peça muito grande, use as outras de tamanho bem pequeno para não sair parecendo uma árvore de natal.

———————————————

Mais sobre versatilidade:

Menos é mais também no guarda-roupa

Qual é o guarda-roupa dos seus sonhos?

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

Vestir-se pode ser como comer a sua sobremesa favorita

Não existe tipo físico ideal, existe o seu

O que vale a pena ou não pagar caro

Como usar calça branca

 

Read article

IMG_5315

1526

Meus achados na C&A e na Renner: por um guarda-roupa menos básico

Acessórios, autoestima, Bolsas, Consultoria de Moda, Dicas, Sapatos

maio 10, 2013

Meninas, vale um alerta: este post não é pago não tá e nem é publicidade viu. É só a minha maneira de mostrar a vocês que a moda já está mais democrática aqui no Brasil.

Pesquisei em duas grandes lojas de departamento: a C&A e a Renner. Confesso que achei a primeira mais bem organizada, com as roupas expostas de uma maneira mais fácil de serem visualizadas e notei também que a empresa invesitu na iluminação e na decoração da loja o que aos meus olhos a tornou mais atraente. Minha opinião, apenas.

Ontem eu falei das ótimas parcerias que a C&A tem feito com estilistas de renome, lembram-se? Hoje quero dividir com vocês a seleção de peças que eu fiz e que fazem toda a diferença na hora de deixar o nosso armário menos básico. Por favor, não reparem na qualidade das fotos, elas foram tiradas de celular.

C&A

Que tal um casaquinho de tweed para substituir o tradicional blazer preto?

IMG_5276

IMG_5279

Os coletes de pêlo ecológico são uma forma da gente ficar bem quentinha e ganhar sofisticação no frio

IMG_5308

Esta jaqueta foi a peça que eu MAIS amei. A cor, as tachas, o corte. Uma boa ter uma destas para colocar um pouco mais de charme rebelde no armário.

IMG_5299

Olha que legal combinar esta calça florida com um cardigan de lurex xadrez.

IMG_5302

Os sapatos com estampas de bicho são bem legais para colocar um pouco de cor e personalidade em looks monocromáticos (aqueles que usamos a mesma cor em cima e embaixo).

IMG_5334

A bota de montaria segue como um clássico no inverno. Investimento recomendado.

IMG_5336

Os acessórios

Esta foi a parte que eu mais enlouqueci. Eram muitos e alguns deles me surpreenderam pelo potencial efeito que podem dar a um look. As pedras são de acrílico, mas fazem bonito também.

IMG_5303

IMG_5304

IMG_5305

IMG_5306

IMG_5307

IMG_5310

IMG_5315

Entre as bolsas, esta é super versátil e elegante. O lenço confere mais charme a ela.

IMG_5316

IMG_5317

Renner

Olha que casacão chiquérrimo para arrasar no inverno. Dá um pouquinho mais de manutenção porque é branco, mas é lindão.

IMG_5338

Baita look legal para uma balada.

IMG_5341

Meninas que querem dar volume aos ombros, este casaco é uma solução beemmm apropriada.

IMG_5342

Que tal??? Este casaco com jeans, uma camiseta básica e uma ankle boot fica incrível!!

IMG_5343

Esta é uma saia que pode te tirar de uma situação de emergência: tipo uma festa da empresa, um encontro de última hora, uma balada inexperada. Pode ser usada com bota, scarpin, sapato de verniz, ankle boot.

IMG_5340

Conheça-se, investigue seu estilo, observe seu corpo. São estas as ferramentas que vão te ajudar a se vestir bem. Não é a quantidade de dinheiro que determina quem está bem ou mal vestido. As pessoas com mais dinheiro não necessariamente comprar melhor ou se vestem melhor, o fato é que elas se permitem errar mais e por mais tempo até aprender porque podem bancar os erros e substituir as peças erradas por novas.

Pense sempre no melhor que o seu dinheiro pode pagar e consuma com consciência.

O Sem Espartilhos tem muitas dicas para você chegar lá. Coloquei alguns links aqui embaixo.

Se você é de São Paulo e quer ver como isso tudo funciona na prática, dia 23/05 vai ter um bate-papo comigo sobre como identificar o seu estilo, quais os elementos que o caracterizam, como usar estas ferramentas para montar o seu guarda-roupa e ser mais feliz sendo quem você é.

Olha o link do evento: www.eventick.com.br/estilo

Beijos e um excelente fim de semana.

——————————————————

Para você que quer se descobrir:

Seja sua própria musa

Como ser a sua própria musa

Edite seu guarda-roupa: série com 4 postagens

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

 Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero

Read article

homen de bolsa

1184

Bolsas para homem

Bolsas, Estilo, Moda masculina

março 1, 2013

homen de bolsa

Já faz muito tempo que bolsa não é coisa apenas para mulheres. Aliás, os homens sempre tiveram, ainda que em formatos mais clássicos, rígidos e formais comumente usadas por executivos e levavam até este nome ou a mochila que tinha uma cara predominantemente esportiva.

Ainda bem que a moda evolui, as pessoas evoluem e os acessórios acompanham este processo. Então hoje os homens tem à disposição um arsenal de modelos que se adpatam a diversas situações e estilos.

Hoje o Sem Espartilhos traz algumas idéias para você que é mais clássico, mais casual, mais esportista, aventureiro, moderno ou sofisticado você que é mais você e se importa com a imagem que passa e que entendem a seu respeito.

Para os mais sérios, com trabalhos mais sérios que exigem acessórios mais clássicos:

LV-homem52

louisvuitton

fashionb-louis-vuitton-men-bags-fall-2011-191-300x450

man2

imageslv

images

Para os sofisticados modernos:

hdb3 louis

mi_15538199082851253

167389_980

Os esportistas:

bolsa2

Esta pode ser usado também pelos clássicos. É um modelo bem versátil.

foto-bolsa-masculina-14

Índice1

se-beberrrr

Aqui estilos se misturam com um elemento em comum: as bolsas.

Os casuais e modernos:

Minhas-imagens363

bolsa-masculina5

Os aventureiros:

Índice

Índice2

Escolha a sua!!

Beijos.

—————————————

Outros assuntos de homem:

As mulheres querem que os homens se vistam bem

 O que vestir em dias muito frios: homens 

Casamento: o que vestir

 

Gafes Masculinas:

Tênis esportivo

Bermudas muito compridas

Homens acima do peso

 

Estilo:

Pessoas com estilo vivem melhor?

Estilo

Roupas pequenas demais

Roupas grandes demais

Cartilha Sem Espartilhos

 

O bom visual recompensa, então por que não ficar belo? Explore os benefícios do Capital Erótico:

Capital erótico: critério de desempate em entrevista de emprego

Capital Erótico – Beleza

Capital erótico – sensualidade

Capital erótico – habilidades sociais

Capital Erótico – Vivacidade 

Capital Erótico – Visual

Capital Erótico – Sexualidade 

Read article

Luxo por mãos brasileiras – por Carmem Munhoz

Acessórios, Bolsas, Consultoria de Moda, Design, Estilistas, Estilo, História, Luxo, Moda

setembro 21, 2012

Maravilhosas bolsas da grife Carlos Falchi

Carlos Falchi Moroccan Bag

Carlos Falchi é dono de uma grife que fatura mais de US$40milhões por ano. Mineiro, Carlos Falchi confessa que falar do Brasil dá vontade de chorar… pois foi viver em Nova York em 1964, quando tinha apenas 18 anos de idade. Começou como ajudante de garçom em um badalado bar frequentado por brilhantes personalidades: o Max´s Kansas City. Customizava suas próprias roupas com couros exóticos e foi assim que chamou a atenção e recebeu encomendas de algumas celebridades como Mick Jagger, Miles Davis, Tina Turner e Elvis Presley!

Falchi tem sua grande chance em 1970, quando mostrou suas bolsas para a loja de grifes Bendel. Tamanho foi o sucesso que Yves San Laurent   chamou-o para conhecer suas criações, ocasião em que lhe encomendou vários trabalhos exclusivos.

Falchi projeta bolsas delicadas combinando cores e padrões de forma inusitada. Suas criações são tão apreciadas nos Estados Unidos que chegaram a ser exibidas na série Sex and the City. Carlos Falchi, com clientes como Madonna e Cher, admite que volta e meia vem ao Brasil para uma dose de brasilidade, pois é daqui que tira toda sua inspiração criativa.

Assista ao vídeo, pois é o próprio Carlos Falchi que conta sua história:

Carlos Falchi (Planeta Brasil)

Eu confesso que fiquei emocionada!

Beijos e até a próxima!

———

Carmem Munhoz é artista plástica, arte-educadora, artesã, ilustradora, pesquisadora e designer de bijus, mãe, esposa, mulher. Ama a vida, a família, seus alunos, e pela arte é apaixonada desde pequena. Algumas das bijus da Carmem podem ser encontradas clicando neste link ou no facebook.

 

Carmem Munhoz no Sem Espartilhos:

A história das bolsas – parte 1

A história das bolsas – parte 2

A história das bolsas – parte 3

A história das bolsas – parte 4

A história das bolsas – parte 5

A história das bolsas – parte 6

A história das bolsas – parte 7

A história das bolsas – parte 8

Minha história com o crochê

Como usar um maxi colar

Fashion Rio

 

Mais sobre bolsas:

Eu preciso de uma bolsa de marca?

Como guardar suas bolsas

 

Sobre manutenção:

A importância do armário organizado

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Guarda-roupa planejado

 

 

Read article

Moda e arte. Surreal!!! por Carmem Munhoz

Acessórios, Arte, beleza, Bolsas, Estilistas, Estilo, História, Maquiagem, Moda, Sapatos

setembro 14, 2012

 

 

Vestidos de Elsa Shiaparelli com inspiração surrealista

O surrealismo foi um movimento artístico e literário que surgiu em Paris em 1920. Influenciados pelas teorias psicanalíticas de Sigmund Freud, artistas como Salvador Dali, Marx Ernest, André Breton, René Magrite, Marcel Duchamp, Man Ray, Francis Picabia e Luis Buñuel, entre outros, passaram a explorar o inconsciente como fonte para suas criações.

Na moda, a estilista Elsa Shiaparelli adotou o surrealismo como sua linguagem e estilo. Elsa criou inúmeras bolsas dentro desse estilo, como a bolsa “Música” com som e luzes.

Extravagante, além de bolsas criou chapéus e vestidos. Inaugurou o desenvolvimento de coleções temáticas como conhecemos hoje. Inventou o shocking pink – tom de rosa forte e brilhante que utilizou em vários produtos. Foi a 1a. estilista a utilizar o ziper nas roupas de alta-costura. Fez diversos trabalhos em parceria com Salvador Dali e inspirou-se em outros surrealistas.


Chapéu sapato, parceria com Dali.

 

o Telefone Lagosta de Dali inspirou o vestido de Elsa.

 

As gavetas do inconsciente – teorias de Freud nas obras de Dali e Shiaparelli:

O Contador Antropomórfico e

Vênus de Milo com Gavetas, ambas de Salvador Dali, obras de 1936, inpiração para Elsa no casaco-gaveta:

 

Desenho de Elsa  para o casaco-gaveta.

Casaco-gaveta pronto.

Elsa e o surrealismo continuam influenciando a moda:

mão

Katty Perry em vestido da Neon.

“Le Violon d’Ingres” obra do fotógrafo surrealista Man Ray, 1924.

 

e novamente Katty Perry no vestido de Jean Charles de Castelbajac.

 

Colar criado por Elsa Schiaparelli e a atriz Blake Lively.

 

A criatividade não tem limites para os estilistas de bolsas:

Bolsas e colar da Azumi.

 

Crédito: Reprodução/Glamour

 

01

Carteira em formato de bola de futebol americano de Alexandre Herchcovitch, a bolsa-máscara de Karl Lagerfeld e a galinha da Q-Vizu.

Autenticidade na obra da designer de bolsas espanhola Inés Figaredo:

Eu adorei e você?

Semana que vem tem mais, beijos e até lá!!

————

Carmem Munhoz é artista plástica, arte-educadora, artesã, ilustradora, pesquisadora e designer de bijus, mãe, esposa, mulher. Ama a vida, a família, seus alunos, e pela arte é apaixonada desde pequena. Algumas das bijus da Carmem podem ser encontradas clicando neste link ou no facebook.

 

Carmem Munhoz no Sem Espartilhos:

A história das bolsas – parte 1

A história das bolsas – parte 2

A história das bolsas – parte 3

A história das bolsas – parte 4

A história das bolsas – parte 5

A história das bolsas – parte 6

A história das bolsas – parte 7

Minha história com o crochê

Como usar um maxi colar

Fashion Rio

 

Mais sobre bolsas:

Eu preciso de uma bolsa de marca?

Como guardar suas bolsas

 

Sobre manutenção:

A importância do armário organizado

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Guarda-roupa planejado

 

Read article