MENU

autoconhecimento
Tag Archive

hojeeumeamo

1287

Como você pode transformar a sua vida pelo guarda-roupa

Consultoria de Moda, Depoimentos

março 8, 2015

Eu amo meu trabalho como Consultora de Estilo Pessoal porque as mudanças que eu proponho para o guarda-roupa tem efeito para a vida, tanto em termos de duração quanto de amplitude.

Pelo guarda-roupa, é possível saber de onde você veio, quem você é, onde você está e onde você quer chegar e por isso é um trabalho sério e valioso. Não é exatamente terapia, mas é sem dúvida, terapêutico. Afinal, o seu guarda-roupa é uma representação da sua vida e se desfazer de peças significa abrir mão do passado, de crenças, da pessoa que você era e dar lugar a que hoje é para poder abrigar a que está por vir.

É lindo poder participar desta transformação e receber depoimentos, como este que você vai ler, sobre quão melhor, mais prazerosa e mais feliz a vida de uma mulher se tornou.

Um pouquinho de planejamento financeiro pode dar a você a oportunidade de passar por esta experiência incrível e sair transformada, empoderada. Através do guarda-roupa é possível promover mudanças de comportamento, de postura, e conquistar autoconfiança. (leia mais).

Boa leitura!!!

—————————————-

Há um ano e meio atrás eu era uma menina bem básica. Sempre de jeans, camiseta de malha, tênis e as variações eram uma regata de malha, um moletom. Gostava de moda, da informação de moda, mas procurava um estilo próprio.

Conheci a Ju através de uma amiga que era cliente do marido dela, e a seguia no facebook. Comecei a segui-la também e a gostar dos seus posts sempre muito bem inspirados e explicados.

Fiz a consultoria expressa, onde a Ju utiliza o que está no nosso guarda-roupa. Quando ela chegou… “Meu Deus que moça linda”, eu pensei. Fiquei um pouco intimidada no começo, pois sou um pouco tímida com estranhos, mas ela foi maravilhosa! Fotografamos combinação com combinação, cada calça, cada blusa, cada sapato, cada colar, e brinco e bolsa… nossa, foi um dia mega cansativo. Após o encontro, ela me mandou um e-mail com observações sobre o que eu deveria ter no meu guarda-roupa que eu ainda não tinha para ter mais opções.

As mudanças não surgiram de um dia para o outro, como eu imaginava. Eu imagino que a consultoria completa deve ser ter outro significado, pois vc sai vestida de coisas novas. Mas fui assimilando todos os conselhos, indicações e com o tempo fui ficando mais ousada… a primeira compra depois da consultoria, foi uma calça laranja! Combinava a calça com tudo! Regata branca, preta, azul marinho, look monocromático laranja!!! Todo mundo falou da calça laranja, e ainda bem que todo mundo falou bem!

Cetim, seda, algodão mais soltinho, são meus amigos de sempre em todas as produções! Mandar ajustar peças também é super útil! Aprendi que não preciso usar tudo colado no corpo, mas sim ajustado ao corpo. Peças ajustadas dão contornos, não precisa ser tudo solto… Calças no comprimento certo para cada tipo de sapato deixam o visual mais elegante.

Meus amigos e marido notaram as diferenças ao longo dos meses. Nas escolhas das roupas, nas cores, nas escolhas de tecidos e recebo sempre elogios! Faz um bem danado para a autoestima!

Hoje em dia, quando fico muito em dúvida com alguma peça, ainda peço uma ajuda para Ju. Ainda faço algumas compras erradas, mas diminuíram muito… aprendi com o tempo a verificar o meu tipo de corpo e o que me cai bem.

Agradeço muito a consultoria, ao trabalho e paciência da Ju, e continuo aprendendo com ela através dos posts publicados.

Meninas, vale super a pena. O investimento é pouco, frente ao retorno que temos.

Obrigada Ju!!!! Beijos :)

Conheças as outras consultorias:

Consultoria Compacta

Consultoria Completa

Já conhece o meu canal no Youtube? Inscreva-se para receber os vídeos em primeira mão.

Como ter um guarda-roupa versátil

Arara da Semana

Como sair do básico

Looks monocromáticos

Como usar calça branca

 

Read article

choices

986

A sua verdade é imbatível

autoestima, Consultoria de Moda

outubro 22, 2013

choices

Nós fazemos nossas escolhas, e depois nossas escolhas nos fazem.

Já parou para pensar quantas vezes já se deixou levar pelo julgamento e pela opinião dos outros quando temos que tomar decisões? Não há nada de errado em escutar, muito pelo contrário, saber ouvir é uma arte e pode nos levar longe. O problema é quando levamos em conta tudo que os outros falam sem aquele filtro interno tão importante que nos ajuda a discernir o que é bom para nós ou não.

Passamos um tempão agindo pela verdade dos outros, a começar pela verdade dos nossos pais que são normalmente nossas primeiras referências. Compramos esta verdade porque precisamos de alguma para nos guiar. E ela influencia o que comemos, vestimos, pensamos de nós mesmos e dos outros, nossas preferências políticas, etc. Um passo importante no amadurecimento, no entanto, é encontrarmos a nossa.

É aí que entra o processo de investigação interna. Autoconhecimento é uma ferramenta poderosa em todas as esferas da nossa vida. Reflete a maneira com que nos relacionamos com nós mesmo e com todos ao redor. É o que nos mostra por qual caminho queremos seguir, que estilo de vida vamos construir e que experiências vamos colher.

O problema está em procurarmos a diferença do lado de fora. A investigação é interna. Cada um de nós é composto de características únicas, peculiares e que contribuem para a diversidade do planeta.  Fora, podemos buscar referência e identificação, mas é dentro que reside a verdade.

É no exercício de se conhecer que está a chave da descoberta.

Como consultoria de moda eu tenho visto aflorar mulheres incríveis que decidiram parar por alguns dias para se render ao despertar de sua personalidade pelo guarda-roupa.

A gente identifica muito mais que tipo de roupa a pessoa gosta mais ou menos, ou qual delas veste melhor ou pior no manequim dela. Falamos de vida e da maneira como cada uma quer conduzir a sua vida e o que não quer mais.

São estas as informações que me ajuda a construir um novo guarda-roupa. É a muda despertada dentro de cada cliente que ganha vida durante e permanece após a consultoria.

Falamos de uma mulher e seus desejos e não de roupas e marcas.

O meu trabalho de consultora de estilo pessoal traz mais verdade à vida de todas as mulheres que eu já atendi e consequentemente ao guarda-roupa.

Se dê está oportunidade. Você é a única responsável pela sua felicidade. Comece organizando suas roupas. É um belo exercício de organização da vida. Anote as coisas que vierem a sua cabeça durante o processo. Observe o aprendizado.

Beijos.

———————————————-

Algumas dicas para começar:

Não existe tipo físico ideal, existe o seu

Autoestima, você está de bem com a sua?

A imagem também é um patrimônio

Seja sua própria musa

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 1

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 2 – como sei o que tirar do armário

Passos para um guarda-roupa flex:postagem 3 – como organizar uma lista de compras

Mandamentos do guarda-roupa flex

Read article

saiatigreanimale

820

Tudo que a Ju usa fica lindo nela

Consultoria de Moda, Sapatos

junho 24, 2013

Gente, como eu ouço esta frase. Apesar de ficar feliz com a repercussão positiva das minhas escolhas, esta afirmação não está correta.

Vocês não tem ideia de quantos erros já cometi na hora de comprar e de me vestir. Eu também já não fui uma consumidora consciente e já desperdicei muito da minha energia e do meu dinheiro em escolhas erradas.

Então, o que faz as pessoas olharem para mim e dizerem: tudo que você veste fica lindo??

Gente, é simples: tudo que eu tenho no guarda-roupa foi pensado. Tudo ali foi comprado para beneficiar o meu tipo físico e está de acordo com o meu estilo pessoal, de vida mesmo. As roupas refletem muito do que eu sou e do que eu quero que as pessoas vejam. Por isso tudo que eu visto causa esta impressão.

Eu asseguro a você que tem muita, mas muita roupa que não fica nada bem em mim e portanto, não fazem parte do meu guarda-roupa. Nunca vou sair com um vestido bandagem, por exemplo. Ou com shorts grudado nas pernas e no bumbum.

Tudo que eu uso tem um tom mais elegante, e mais soltinho no corpo e sempre pensando no efeito “alonga e afina”.

Amores, o segredo está sempre no autoconhecimento. Este exercício delicioso de se explorar um pouco mais a cada dia e descobrir novas possibilidades dentro de nós mesmas. Conheça seu estilo, suas cores, seu tipo físico. Aprenda a balancear as suas proporções corporais.

Olha quanto post o Sem Espartilhos tem falando sobre o assunto. Dentro de cada um deles, você encontra uma série de outros textos bem legais também.

Série tipo físico

Estilo

Vista-se com estilo pagando o que quiser

A imagem também é um patrimônio

Não existe tipo físico ideal, existe o seu

Não tenho nada para vestir

Vamos aprofundar no assunto? Olha que workshop legal acontecendo nesta quarta-feira dia 26/06 das 19:00 às 22:00

Workshop: descobrindo seu tipo físico

tipofisico1

Read article

nada para usar

1192

Não tenho nada para usar

Consultoria de Moda

junho 7, 2013

nada para usar

Da próxima vez que você para assim diante do espelho, lembre-se deste texto e faça algo

Esta frase persegue a gente né.  É o que eu mais ouço das mulheres que me procuram para fazer consultoria, das que me mandam mensagem na fanpage do Sem Espartilhos, das que enviam e-mails e das que participam das palestras. Ahhh, e das amigas também!!!

Porque será que a gente sempre acha que não tem nada para usar?

Eu tenho algumas  hipóteses do porquê isso acontece e ao final deste texto, espero que consiga fazer você entender que o problema não está na roupa e também não está no dinheiro (não mesmo), mas sim na maneira como você planeja ou não planeja suas compras e o seu guarda-roupa. (leia mais)

Antes de ler este texto, se faça as perguntas abaixo e anote as respostas. Depois está liberada para ler, ok??
1. Será que não temos mesmo nada para usar?
2. Você conhece todas as peças que tem no seu guarda-roupa?
3. Já avaliou o potencial que cada uma destas peças tem?
4. Sabe quantas combinações diferentes seu guarda-roupa te permite? Ou seja, com quantas blusas você consegue usar a mesma calça? Com quantas calças você consegue usar a mesma blusa? Isso vai te dizer se ele é um guarda-roupa flex ou não (lista de compras)
5. Na hora de comprar você tinha uma lista do que precisava ou fez uma compra por impulso?
6. Quantas peças sem uso tem no seu guarda-roupa?
7. No provador, você avaliou criteriosamente a peça que estava comprando? Olha lá, estou falando da peça, não do pneuzinho, da celulite no bumbum, do cabelo. Na hora de provar a roupa muita gente esquece de olhar como a peça cai no corpo e se esquece de que neste momento, isso é o mais importante.
8. Já se olhou de frente, de lado e de costas com todas as peças que tem no armário? Meninas, somos seres tridimensionais. Não vale olhar só de frente mesmo porque estamos sendo olhados de todos os ângulos.

Ufa, se você chegou até aqui sem pular etapas, parabéns!!!
Eu já fui muito vítima desta situação. Por diversas vezes me peguei sentada em frente ao armário cheio olhando para ele e pensando: o que é que eu vou vestir hoje? Não tenho nada!
Hoje, como consultora de imagem consigo olhar a situação de fora e enxergar algumas possibilidades:

1. A hipótese mais evidente: a gente enjoa das nossas roupas e perde a motivação para usá-las. Temos que tomar um pouco de cuidado com os hormônios femininos, deixá-los de lado nestas horas e pensar, usar a razão mesmo. Claro que enjoamos, cansamos de estar com as mesmas roupas muito tempo, mas se isso acontece com frequência não é legal. Experimente mudar os acessórios.

2. Estamos passando por uma fase de mudanças e o guarda-roupa pode já não refletir mais quem você é. Isso acontece ao longo da nossa vida e aos poucos precisamos adaptar também o armário aos novos “eus” que vão surgindo dentro de cada um de nós.

3. Faz muito tempo que você não compra nada novo. O guarda-roupa pode estar precisando de uma renovada. Uma boa dica é começar introduzindo algumas peças-chave: acessórios novos, um lenço na bolsa ou no pescoço, blusas novas para usar com as calças que já tem. Use a regra de 5 blusas para cada calça. Isso significa que cada calça sua vai te possibilitar 5 looks ou pense e pelo menos 3 possibilidades de usar a mesma blusa com as roupas que já tem. (desafio 5 x 1)

4. Você pode estar usando sempre as mesmas coisas. Explore todo o potencial do seu guarda-roupa. Inspire-se em pessoas que admira e adapte os looks ao seu guarda-roupa.

5. Seu armário está uma bagunça e você não consegue visualizar mais nada e nem enxergar possibilidades. Organizar e manter organizado é fundamental!!

6. A falta de perspectiva é na vida e você transfere isso também ao seu guarda-roupa. Cuidado, separe estas duas coisas e se cuide muito.

7. Você está precisando se conhecer melhor e isso inclui:
- seus gostos pessoais: qual o seu estilo, que roupas gosta de usar, de que cores. Quais os acessórios que te deixam feliz e poderosa? (estilo)
- seu corpo: se olhe no espelho com amor e entenda as diferentes proporções que o seu corpo tem e o que pode fazer para harmonizá-las. O Sem Espartilhos tem uma série que fala só disso. (Série tipo físico)

8. Você precisa conhecer oportunidades. Onde comprar, quanto pagar, o que comprar. Olha que postagem bacana que fiz sobre o assunto: (Vista-se com estilo pagando o que quiser)

9. Você compra mal: valorize o auto conhecimento. Se estude. Aprenda a avaliar a durabilidade das peças, a pagar mais no que vai te dar mais possibilidades e não sai de moda. Pague pouco no que for passageiro. Pesquise preços, procure pontas de estoque, compre na promoção. Mas não vale comprar qualquer coisa porque está barato. TENHA FOCO!!!

10. A grana está curta: se você for disciplinada e avaliar todos os pontos acima, o dinheiro deixará de ser um fator predominante. Precisa dele sim, claro. O que você vai acontecer é que você fará ele se multiplicar com escolhas conscientes, bem pensadas. Aí está o segredo!!!
Tenha em mente que a imagem é um patrimônio e que para que ele tenha valor é preciso cuidar e investir nele e o guarda-roupa tem um papel muito importante neste processo. (A imagem também é um patrimônio)
Beijos e cuidem-se sempre.

Read article

Que bagagem você carrega na sua mala?

650

Você se conhece?

autoestima, Comportamento, Dicas, Estilo

maio 21, 2013

- “Não tenho nada para vestir”

- “Saio para comprar roupas e não encontro nada.”

- “Nada fica bom em mim.”

Soa familiar? Eu já passei por isso, sei exatamente qual a sensação, a angústia e a tristeza que é se vestir quando estamos assim. Deixa eu contar um segredo a você: o processo de vestir, assim como o da escolha de uma profissão, de um parceiro, de um restaurante, de um lugar para passar férias passa pelo conhecimento: o autoconhecimento.

Não há como fazer escolhas prazerosas e desfrutar delas sem que você conheça quais entre as milhares de opções que a vida moderna oferece é aquela que te satisfaz.

Porque com o guarda-roupa seria diferente? Como é que você espera ter um guarda-roupa repleto de escolhas ideias se você não sabe o que te agrada?

Já parou diante do espelho para se olhar sem julgamento, apenas para observar o seu corpo e o que de melhor ele pode te oferecer? É um exercício de amor, de aceitação do que você é.

Não é possível entrar em uma loja e escolher bem se você não sabe quem você é. O que te veste melhor pode estar na prateleira ao lado e passar sem que você note e por um motivo bem simples: você não sabe o que você não sabe.

Escolher uma roupa que fala por você sem que tenha que usar palavras leva tempo. Sim, as roupas podem tomar a dianteira a seu favor se você souber usá-las em benefício próprio, mas para isso não é de dinheiro que você precisa, é de um mergulho interior que faça nascer um gosto particular que te represente.

Tem coisa mais gostosa do que ouvir alguém dizer: isso é a sua cara!

Aperfeiçoe o conhecimento de você para melhorar as suas escolhas, tirar do caminho o que atrapalha e abrir caminha para a verdade que está aí dentro e só você pode colocar para fora. Faça isso honesta e amorosamente. Os resultados são compensadores.

Beijos.

——————————-

Tem mais um monte de coisa legal:

Vista-se como quiser pagando pouco.

Vamos parar de nos boicotar?

Misture tecidos para sair do básico

Estilo: ou você tem ou desenvolve

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

 Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

Read article