MENU

capital erótico
Tag Archive

EstiloDamhaJu

692

Vestir-se vai muito além de cobrir o corpo

Consultoria de Moda, Depoimentos

junho 21, 2013

Algumas mulheres sabem exatamente como usar o seu visual para se comunicar e causar a melhor primeira impressão. Entendem que sua imagem é patrimônio e cuidam dele com zelo e carinho Você também pode!

É sobre isso que fala o meu primeiro texto em parceria com a revista Estilo Damha. Sobre transformação, superação e amor.

O  texto já está na edição de junho e pode ser lido também no site. É só clicar no link abaixo. A página é a 75.

Beijos.

Vestir-se vai muito além de cobrir o corpo

 

 

Read article

IMG_5804

1097

A imagem também é um patrimônio

Consultoria de Moda

maio 22, 2013

Você alguma vez já pensou na sua imagem como seu patrimônio? Eu particularmente penso que junto como o intelecto, as relações sociais e o dinheiro que eu ganho todo mês, a minha imagem é também parte do meu patrimônio. Quando estou com pessoas, além de oferecer tudo o que eu conheço, de colocar a disposição as habilidades sociais que fui desenvolvendo ao longo dos anos, apresento também a minha imagem.

Vejam, eu não estou falando aqui de beleza. Entendam imagem como o conjunto que você cria com as roupas que seleciona todos os dias, a maneira como arruma o seu cabelo, a maquiagem que decide colocar no rosto, a cor que vai pintar as unhas. Todos estes elementos juntos oferecem também a quem nos vê uma experiência visual importante, como um presente que colocamos em um embrulho especial. Bonito né.

Tanto as peças que escolhemos, quanto as cores que elas tem geram julgamentos no inconsciente coletivo que podem ser favoráveis a nós ou não. Então porque não cuidar deste patrimônio com o mesma atenção que cuidamos do intelecto, a mesma seriedade com que cuidamos do dinheiro e o mesmo carinho com que olhamos para as relações sociais? Quando expressamos as nossas ideias não tentamos utilizar as melhores palavras? Não buscamos os melhores sentimentos quando nos relacionamos? Com a roupa podemos fazer o mesmo e enriquecer a experiência.

Porque estou dizendo tudo isso???

Porque o guarda-roupa bem montado pode te ajudar MUITO neste caminho toda e facilitar a experiência toda. Escolher a roupa certa é parte do processo de cuidado com o seu patrimônio visual e se não temos um guarda-roupa condizente com o que queremos passar para as pessoas o caminho pode ficar um pouco mais truncado.

Esta escolha exige conhecimento, dedicação e investimento. De tempo e de dinheiro. Pense a respeito. Apenas pense.

Beijos.

IMG_5805

Decifrando o visual: vestido com corte e tecido bem clássicos. O detalhe de correntes dá um ar moderno. O comprimento mais curto remete à jovialidade. As botas de montaria quebram um pouco da formalidade. Uma mistura do que eu sou!!!

Read article

Anne-Hathaway---Oscar-2013---Vanity-Fair-Party--01-560x841

1088

Beleza vem fácil por Frederico Mattos

Comportamento

fevereiro 28, 2013

Anne-Hathaway---Oscar-2013---Vanity-Fair-Party--01-560x841

No domingo decidi assistir ao Oscar. Pela primeira vez, assisti à premiação inteira o que só foi possível porque havia descansado antes, por que cá entre nós é longa. Acredito que assim como eu, muitas mulheres ficam grudadas para ver o desfile dos vestidos de alta costura e as peças de alta joalheria.

Quando a Anne Hathaway foi premiada com a super cobiçada estatueta soltei: parece que algumas pessoas tem tudo na vida – ela é bonita, talentosa, atua, canta, é milionária. Imediatamente percebi o comentário preconceituoso e invejoso e corrigi. Claramente ela chegou onde chegou porque se sacrificou, arriscou, estudou, praticou exaustivamente, comeu menos, passou vontade, trabalhou ao invés de sair de férias…

Certamente a sua beleza lhe abriu portas, é certo também que ela teve que provar sua competência em dobro também por este motivo. O fato é que ainda que haja beleza, é com ações que ela é mantida. Basta começarmos uma dieta para saber o quanto de esforço e disciplina prescisamos para seguir adiante. Nada vem fácil e udo tem um preço.

Esta é a minha opinião sobre o tema levantado pelo Fred Mattos. Agora deixo vocês com ele. Beijos.

——————–

Muitas pessoas nutrem um preconceito com relação à beleza pois numa sociedade que recompensa os méritos e esforços de uma pessoa na hora de obter um resultado.

A beleza seria carente de méritos por ser herdada e manifestada sem esforço. Mas porque temos menos preconceito com os ricos de berço, ou os geneticamente inteligentes? Ambos não apenas aperfeiçoaram seus “dons” naturais em favor de usufruir o patrimônio herdado.

O tipo de esforço que se vê na pessoa que acumula bens materiais e aquele que desenvolve o intelecto parece ter mais valor simplesmente porque vemos o trabalho “braçal” de fazer o dinheiro multiplicar pelo trabalho duro ou o estudioso que se especializa para atingir mais altos degraus do seu intelecto.

A beleza, apesar de apreciada e admirada por todos recebe um tratamento preconceituoso como se bastasse um sorriso para ser manifestada, sem mérito nenhum. Muitos ricos herdeiros e intelectuais não se movem muito para além de sua herança financeira ou intelectual.

O esforço da pessoa bela, não está em criar beleza, mas mantê-la pelo maior tempo possível, ou seja, o trabalho é perpetuar e aperfeiçoar o patrimônio genético como qualquer um.

Vou enumerar algumas práticas nada simples da pessoa que quer manter um visual atraente que alegra o mundo com suas simetrias agradáveis.

- Atividades físicas regulares e dolorosas.

- Alimentação balanceada que priva de muitos prazeres.

- Procedimentos cirúrgicos extremamente arriscados que aperfeiçoam e visam manter o frescor dos traços.

- Cuidado constante com combinações de roupas.

- Cuidados com a pele, o sol, maquiagem.

- Cuidados com as unhas.

- Cuidados com os cabelos.

- Cuidados com os dentes.

- Massagens relaxantes, drenagens linfáticas e outros procedimentos.

Essas atividades que muitos consideram simples e banais são os maiores motivos de queixas habituais das pessoas. Muitos não suportam academias, dietas, cabeleireiros, manicures, esteticistas e , no entanto, as pessoas bonitas o fazem constantemente como quem vai à uma biblioteca e passa o tempo estudando.

Estranhamente, louvamos os atletas e dançarinos que também dependem do desempenho corporal para ganhar dinheiro, mas as pessoas simplesmente belas não. O resultado de sua habilidade como medalhas olímpicas ou performances encantadoras não são tão distintas da agradabilidade que temos por ser atendidos por uma atendente bonita, uma aeromoça agradável e um apresentador de TV carismático.

Acreditamos erroneamente que eles não tiveram esforço para chegar onde chegaram e se beneficiaram levianamente de uma habilidade natural.

O jogador de xadrez genial também percebeu a sua habilidade inicial na infância e se aperfeiçoou no jogo. A pessoa bela também notou suas ferramentas sociais únicas e investiu nisso. Qual o problema?

A resposta simples é preconceito com uma pontada de inveja. Temos todos esses sentimentos pelos ricos e gênios, mas por nos acharmos longe deles nem nos atrevemos criticar, mas atacamos os bonitos por estarem à mão como se num passe de mágica pudéssemos ter o visual de uma Angelina Jolie ou o sex appeal de um George Cloney.

Atacamos, pois é sempre mais fácil atacar do que pensar do que agir e passar pela rotina NADA fácil que eles passam.

————————————–

Frederico Mattos é um homem apaixonado, sonhador nato, psicólogo provocador, escritor de um não best-seller e empresário. Adora contar e ouvir histórias de vida. Nas demais horas medita, faz dança de salão, Muay Thai, lava pratos e escreve no blog Sobre a vida. No twitter é@fredmattos.

————————————-

Use as suas armas de maneira saudável:

Capital Erótico – Beleza

Capital erótico – sensualidade

Capital erótico – habilidades sociais

Capital Erótico – Vivacidade 

Capital Erótico – Visual

Capital Erótico – Sexualidade 

Seja sua própria musa

 

Dicas para escolher melhor seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupaEdite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

 Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

Misturando tudo

Como ter roupas necessárias?

Jornada: um homem vestindo a sua alma- parte 1 Jornada: um homem vestindo a sua alma – parte 2

Jornada: um homem vestindo a sua alma – parte 3 

Read article

Marilyn Monroe

1254

Sensualidade é coisa de gente oferecida por Frederico Mattos

Comportamento

fevereiro 7, 2013

Já ouvi de muitas mulheres a ideia de que passaram a renegar a sua sensualidade depois que namoraram ou casaram. Quando solteiras elas deixam sua sensibilidade sexual à flor da pele deixando cabelos arrumados, unhas feitas, corpo em dia, sorriso nos lábios e uma leve safadeza no traquejo pessoal.

No entanto, quando conseguem roubar o coração de um homem imaginam que devem gradualmente – na medida que avança e se aprofunda o relacionamento -  abandonar qualquer tipo de comportamento que envolva esse tipo de postura pessoal. Agem como freiras para garantir o respeito.

Elas enterram a leoa que habita o seu corpo e sua alma. Renegam seus desejos, fecham os olhos para a beleza que caminha pelo mundo e apagam qualquer traço de feminilidade que não se enquadre no perfil mamãe-esposa.

É estranha essa postura que resvala num moralismo retrógrado. Já vi muitas mulheres se afastarem de grandes amigas depois que namoram para impedir que o namorado/marido conviva com a companheira solteira. Note a sutileza do mecanismo, ela própria enterrou seu sex appeal a fim de se mostrar exclusiva e guardada para o parceiro ciumento. Então na hora que precisa conviver com a amiga que não tem a obrigação de se apagar (como ela fez) acaba excluindo do seu convívio alguém que quer bem por temer ser comparada. Ela se nivela por baixo.

Se tivesse se aplicado em manter sua vivacidade (fiel ao parceiro) esse temor não iria perturbar tanto.

No caso do dinheiro, se você deixa claro o poder aquisitivo que tem isso não quer dizer que esteja oferecendo uma nota de R$100,00. Se estiver falando de algo que conheça também não quer dizer que ninguém seja obrigado a engolir seus conhecimentos. Do mesmo modo, se mantiver sua  sensualidade viva  não quer dizer que esteja oferecendo seus dotes sexuais para você.

Estranhamente todos nós, principalmente no Brasil, sustentamos esse tipo de moralismo bobo à pretexto de sermos bons e corretos. Mas não consigo pensar quantos relacionamentos não seriam poupados daquele tipo de esfriamento matrimonial se suportassem o fogo das tentações e as paranóias ciumentas e permitissem que o parceiro sorrisse o quanto quisesse e mantivesse o tipo de roupa que sempre gostou de usar.

Como diz o ditado “sou simpático, não estou te dando mole”. Portanto, perpetuar a lógica machista que prega que se uma mulher sorri ela quer transar.  Se ela foi simpática e naturalmente sensual não quer dizer que se ofereceu a ninguém.

________________________

Frederico Mattos é um homem apaixonado, sonhador nato, psicólogo provocador, escritor de um não best-seller e empresário. Adora contar e ouvir histórias de vida. Nas demais horas medita, faz dança de salão, Muay Thai, lava pratos e escreve no blog Sobre a vida. No twitter é@fredmattos.

__________________

Use as suas armas de maneira saudável:

Capital Erótico – Beleza

Capital erótico – sensualidade

Capital erótico – habilidades sociais

Capital Erótico – Vivacidade 

Capital Erótico – Visual

Capital Erótico – Sexualidade 

Seja sua própria musa

 

Dicas para escolher melhor seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupaEdite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

 Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

Misturando tudo

Como ter roupas necessárias?

Jornada: um homem vestindo a sua alma- parte 1 Jornada: um homem vestindo a sua alma – parte 2

Jornada: um homem vestindo a sua alma – parte 3  

 

Read article

Roupa para passeio

Acessórios, beleza, Consultoria de Moda, Moda, Sapatos

outubro 15, 2012

A ideia do Sem Espartilhos é ajudar você a se vestir melhor com o que já tem no guarda-roupa e explorar ao máximo o potencial de cada peça. Tente montar com cada uma pelo menos 5 looks diferentes.

É exatamente isso que faço com as minhas roupas e acessórios. Vou experimentando e trocando e usando a criatividade para tirar todo proveito de tudo que tenho.

Ontem, já tinha decidido que roupas vestir e achei que estava muito básica. Abri a gaveta de acessórios e incrementei o visual.

Escolhi dois colares e quatro pulseiras. Coloquei um brinco bem básico e anéis que não brigaram com as demais peças.

Por fim, troquei a calça metálica dourada e a sapatilha prateada que estava usando antes pelo shorts de couro e os slippers de glitter dourado.

Está aí o resultado. Um blue jeans e um salto completariam bem o look também.

 

 

 

Misture, experimente, potencialize seu guarda-roupa, encontre seu estilo.

Beijos.

—————————————

Mais dicas: 

Roupa para jantar de trabalho

Roupa para sexta-feira casual

Roupa para coquetel

Roupa para passeio

Roupa para trabalho: paetê

Roupa para casamento: mulheres

Roupa de casamento: homens

 

Aprenda mais sobre você:

Tipo físico:

1. tipo físico ideal

2. tipo físico triângulo

3. tipo físico triângulo invertido

4. tipo físico redondo ou oval

5. tipo físico retangular

6. tipo físico ampulheta

7. tipo físico diamante

 

Seja sua consultora de moda:

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

Consultoria de Moda

 

 

Read article