MENU

compra consciente
Tag Archive

4907

Guarda-roupa cápsula

Sapatos

agosto 24, 2016

Oi gente.
Prometi contar mais a vocês sobre esta ideia bem legal que é o guarda-roupa cápsula. Demorou um pouquinho, mas saiu.

Só para contextualizar, a cliente que optou por este formato de guarda-roupa estava de mudança para a Irlanda e há tempos já pensava em mudar todo guarda-roupa e chegar lá com tudo novinho e de visual novo.

Pensando nisso, optamos por roupas mais pesadas, de cores mais escuras, de inverno mesmo, porque na Irlanda faz muito frio e  verão que é intimo da gente por aqui, lá não acontece muito. Vocês vão ver nas fotos que usei muito preto, azul marinho e cinza com pitadas de cores em cardigans e tons neutros como o bege e variações.

Vou dividir o texto em partes para facilitar a compreensão, combinado?

A ideia

Ter uma quantidade pequena de peças mas que possam ser combinadas ao máximo para que haja dezenas de variação de looks.

Numero de peças

Média de 40 peças considerando:
– roupas
– sapatos
– bolsas
– acessórios

O segredo

1. Compartimentar o guarda-roupa o mínimo possível. Isso quer dizer que a mesma peça usada para ir trabalho, possa ser também usada para sair.

Um dos fatores mais limitantes para quem quer um guarda-roupa enxuto é dividi-lo em ocasiões.

Exemplo: roupas só para sair à noite
Roupas só para o trabalho
Roupas para o fim de semana

Aí fica bem complicado conseguir montar uma guarda-roupa versátil com apenas 40 peças.

2. Escolher as cores, estampas, formatos, comprimentos, texturas de forma que as peças brinquem umas com as outras formando o máximo de combinações possíveis. E nesta conta entram acessórios também. Tudo precisa ser pensado de forma global.

3. Investir mais em peças que ultrapassam estações e tendências e menos nas peças de moda que mudam bastante rápido. Não é que estas peças não possam entrar, mas precisam custar pouco e serem a minoria.

Benefícios

Ter no guarda-roupa só peças que gosta de verdade e usa. Compacto.

Usar a roupa até cansar ou enjoar dentro de todas as possibilidades dela e ter todo retorno do dinheiro investido. Custo-benefício.

Ter um guarda-roupa que represente seu estilo. Auto-conhecimento.

Ter visão de todas as peças.

Saber o que vai usar sem precisar perder tempo. Praticidade.

O investimento

Aqui a resposta é sempre: depende. Cada um tem uma disponibilidade emocional e financeira para investir no guarda-roupa. O orçamento define onde as peças serão compradas.

Falando especificamente desta cliente, o orçamento dela foi de R$6.000,00.

Optamos por fazer a consultoria em uma época de liquidação para poder valorizar ainda mais o dinheiro e comprar peças com maior valor agregado mas com preços remarcados por conta da época de preços mais baixos.

As lojas que elegemos:

Zara: grande maioria das roupas, todas as bolsas, alguns calçados.

Shoulder: roupas e bijus

Arezzo: uma sapatilha (lindaaa) e um par de botas

Le lis blanc: calça com a frente de couro ecológico poderosa

Animale: um cardigan de onça para dar cor, uma regata de seda

O resultado
Foi esta lindeza de looks femininos, modernos, com personalidade.

Um armário bem pensado e que possibilitou a construção de mais de 60 looks (não fotografamos todas as possibilidades e considera-se look novo quando a gente muda só o sapato ou acrescenta um cardigan/ casaco tá). Por que? Porque estamos usufruindo literalmente de todas as possibilidades que as peças podem ter. Então, mudar o sapato quer dizer que a compra dele foi pensada para mudar a cara de um look antes usado com outro. Vejam o efeito sofisticado que a sapatilha prata metálica dá aos looks ou mesmo a bolsa azul de tecido brilhoso. Estas peças bem escolhidas mudam a cara da roupa e fazem um look de trabalho se transformar em um look para um evento noturno.

A manutenção

Comprar estas 40 peças significam que eu vou usufruir deste guarda-roupa por quanto tempo?

Vejam que apesar do guarda-roupa ter sido montando pensado no inverno, algumas peças foram escolhidas para serem usadas também na meia estação e no verão.

Vamos pegar como exemplo os vestidos. No inverno estão com meias e botas. No verão, as pernas estão de fora e combinados com sapatilhas.

Estas possibilidades dão mais longevidade às 40 peças.

O que pode ser feito é adicionar algumas poucas peças em estações mais extremas como o verão e o inverno. Sem, no entanto, abarrotar o guarda-roupa.

A manutenção se dará por conta da sua vontade de substituir as peças conforme vai usando, desgastando, cansando também.

Ter um guarda-roupa cápsula é uma opção. Não precisa ser uma obrigação. O número de peças pode variar também. O que não vale é trapacear e chamar de cápsula um guarda-roupa de 100 peças rs.

O que vale mesmo é ter a certeza de que seu guarda-roupa te representa, reflete seu modo de ser e de viver. Está sendo usado no seu potencial máximo. Roupa entulhada só traz frustração e culpa.

Então, seja lá qual for o tamanho do guarda-roupa que você escolher, que ele lhe seja fiel.

E abaixo, as fotos para vocês se inspirarem. Três peças que aparecem aí, já eram dela: a jaqueta de couro preta, a sapatilha preta, a bota marrom das duas últimas fotos.

Espero que gostem!!

IMG_4388

 IMG_4389

IMG_4394

IMG_4397

IMG_4398

IMG_4399

IMG_4400

IMG_4401

IMG_4403

IMG_4404

IMG_4406

IMG_4408

IMG_4409

IMG_4411

IMG_4412

IMG_4414

IMG_4415

IMG_4416

IMG_4417

IMG_4418

IMG_4419

IMG_4421

IMG_4422

IMG_4423

IMG_4425

IMG_4426

IMG_4427

IMG_4428

IMG_4429

IMG_4433 IMG_4434

IMG_4435 IMG_4436 IMG_4437 IMG_4438 IMG_4439 IMG_4440 IMG_4441 IMG_4442 IMG_4443 IMG_4444  IMG_4446 IMG_4447 IMG_4448 IMG_4449 IMG_4450 IMG_4451 IMG_4452 IMG_4453 IMG_4454 IMG_4455 IMG_4456 IMG_4457 IMG_4458 IMG_4459 IMG_4460 IMG_4461 IMG_4462 IMG_4463 IMG_4464 IMG_4465 IMG_4466 IMG_4467 IMG_4468 IMG_4470 IMG_4471 IMG_4472 IMG_4473

Read article

3134

Passos para um guarda-roupa flex Post 3: Como organizar uma lista de compras

Acessórios, autoestima, Consultoria de Moda, Sapatos

setembro 10, 2013

tumblr_lbtdgwxHES1qazq41o1_500_large

Antes de sair para comprar, é importante saber o que realmente está faltando no seu guarda-roupa. Sair para comprar sem um objetivo é certeza de voltar para casa mais seduzida por uma vitrine bem montada do que com peças que realmente fariam a diferença na hora de vestir e de combinar com o que já tem em casa

Mãos à obra! Estes são os passos que você precisa seguir antes de sair às compras:

1. feita a limpeza no armário sobre a qual falei na postagem 1, você deve agora fazer uma espécie de inventário do que ficou. Isso significa listar o número de:

1. calças lisas e estampadas

2. saias lisas e estampadas

3. blusas lisas e estampadas

4. jaquetas, casacos e afins

5. sapatos

Feita e lista, a segunda etapa é fazer a conta e ver o que tem mais. Por exemplo, se você tiver um guarda-roupa cheio de estampas tanto na parte debaixo quanto na de cima,  melhor a fazer para tornar o guarda-roupa mais versátil é investir em peças lisas. O contrário também funciona.

Veja se consegue fazer pelo menos 3 combinações com cada calça e saia que tem. O ideal são 5 com cada, mas se conseguir 3 é sinal que está no caminho certo. Se tiver peças que te permitam muito pouco uso, avalie se vale a pena mantê-la. Se a resposta for sim, na lista de compras precisam ter peças que vão te ajudar a usar mais aquela calça ou saia que está com uso limitado.

Um guarda-roupa versátil não é aquele entulhado e cheio de coisas que não conseguimos usar. A versatilidade está ligada ao uso de cada uma das peças que estão ali em várias versões diferentes.

Compre com foco. Invista seu dinheiro sim, mas faça ele valer cada centavo gasto.

Beijos.

——————————————–

Outras postagens da série:

Passos para um guarda-roupa flex Post 1

Como sei o que tirar do armário Post 2

Olha quanta postagem legal sobre o assunto:

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

 

Como guardar as suas peças

Cabides

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Resgate-se pela moda

Seja sua própria musa

Como ser a sua própria musa

Estilo

 

Read article

Edite seu guarda-roupa 3: O que eu preciso?

Consultoria de Moda

abril 28, 2012

 

Bem que todas nós gostaríamos de gastar horrores na nossa loja favorita.

Não podemos e não devemos. Eu adoraria vestir algo novo todos os dias, mas adoraria fica nos sonhos e a realidade é diferente.

Quando eu compro a peça certa, não me importo de usá-la até seus últimos dias, pelo contrário, me arrependo de não ter comprado um back-up.

Então, o guarda-roupa inteligente é aquele recheado de peças “flex” que permitem que você combine, descombine, crie, invente, adeque sem a necessidade de passar o cartão de crédito o tempo todo.

Por isso, agora que você já entrou no guarda-roupa {leia mais}, e tirou tudo que não te servia mais e já fez a lista do que você tem {leia mais}, está na hora de fazer a lista do que você precisa.

Veja bem, não é uma lista de desejos, ainda não é a hora do que queremos, é a lista do necessário para ter aquele guarda-roupa flex que falei ali em cima.

Ao fazer a lista, coloque peças clássicas como:

1. um pretinho básico

2. uma camisa branca

3. um cardigã de cashmere

4. um trench coat

5. uma calça jeans

6. um relógio masculino

7. sapatilhas

8. um escarpin de salto alto

9. uma bolsa incrível

10. uma camiseta branca básica

11. uma calça de alfaiataria

12. uma saia lápis

13. uma jaqueta de couro….

Aos poucos você vai recheando o seu guarda-roupa com a versatilidade necessária para atender à formalidade do local de trabalho e à descontração de um happy-hour, mudando algumas coisinhas.

Insisto, quando compramos certo, usamos, repetimos, reinventamos e nos sentimos sempre bem mesmo que vestindo a mesmíssima peça de roupa várias e várias vezes.

Não deixem de acompanhar o post de amanhã: Edite seu guarda-roupa 4; O que eu quero? e a próxima série de postagens: “As peças chave de todo guarda-roupa”.

Beijos!!!

 

 






Read article