MENU

consultoria de estilo
Tag Archive

kimdouble

791

Como as roupas modificam o corpo

Conceito, Consultoria de Moda, Dicas

fevereiro 23, 2015

Eu escolhi duas situações em que Kim Kardashian foi fotografada para escrever este post. Ela é bem famosa pelas roupas super coladas e decotadas e mostra as curvas voluptuosas com orgulho.

A intenção não é julgar as escolhas dela mas sim mostrar a você como pode usar as roupas a seu favor para moldar o SEU corpo.

 

Foto 1:

- ombros: as aplicações garantem aumento na parte de cima do corpo que é uma boa opção para quem tem quadril largo e quer equilibrar a silhueta. Ombros altos são também sinônimo de poder e nem precisa usar ombreira para isso. Você pode simplesmente jogar um casaco por cima dos ombros sem vesti-lo.

- decote V: é sempre uma ótima ideia para mostrar pele e parecer mais magrinha. Claro que não precisa ser nada tão profundo como este. Algo que pare acima dos seios já dá o efeito.

- cintura: o cinto colocado bem na altura da cintura (que é a parte mais fina do seu corpo) delineia bastante o corpo e deixa bem à vista as proporções: quadril e ombros.

- quadril: o mesmo padrão de aplicações dos ombros estão também na altura do quadril, o que pode ser usado para aumentar o volume da região para quem tem as pernas muito finas, por exemplo.

- sandálias: o peito do pé à mostra também mostra bastante pele e evita que a silhueta pareça achatada. Resultado: altura pelo salto e pela pele.

O resultado geral deste look para a Kim Kardashian é muita curva à mostra, sensualidade, ousadia. Se ela queria parecer magra (o que eu acho que não era o objetivo), não foi a melhor escolha.

Kim

Look 2:

- colar: este modelo de colar justo ao pescoço está de volta e esconde pele, o que pode achatar a silhueta. É melhor utiliza-lo com decote V se quiser ganhar altura ou parecer mais fina. Se o seu pescoço for fininho, vá fundo.

- capa: terceira peça usada aberta é sempre um coringa para criar uma longa linha vertical no centro do corpo e garantir a ilusão de altura e estreitamento. Detalhe para os ombros elevados que você pode usar se for

- vestido: a estampa de cobra em linhas verticais afina e dá altura.

- sapatos: escarpins são excelentes para quem quer mostrar mais pele sem usar decotes ou saias custas.

- tom sobre tom: looks em tons semelhantes ou mesma cor não cortam o corpo ao meio, isso faz com que você fique mais longilínea (alta e fina).

Look elegante, sofisticado, formal apesar da estampa. Perfeito para passar a mensagem de mulher antenada, moderna e ao mesmo tempo formal.

Quer saber como pode usar o seu guarda-roupa para conseguir tudo isso? São estas informações e outras que a Consultoria de Estilo dá a você. É aprendizado para a vida. Escreve para mim no [email protected]

Kim2

 

————————————————–

Torne-se uma especialista em você:

Use a terceira peça para cobrir imperfeições

Disfarçando coxas grossas

Vista-se em 5 minutos

Você não precisa de dieta. Que tal um consultor de estilo?

Read article

personal-shopping

849

Você não precisa de dieta. Que tal um consultor de imagem?

autoestima

janeiro 12, 2014

Uma das principais motivações que me levou a começar o Sem Espartilhos foi ajudar as mulheres a perceberem o quanto a roupa que vestem pode modificar a visão que elas tem delas mesmas e a moldar o corpo de forma que as deixem mais felizes, satisfeitas, confiantes e por isso com a autoestima lá em cima.

Tem muitas coisas que as celebridades e as revistas não nos contam. Só vou contar um segredo: nenhuma daquelas mulheres que estampam as capas das centenas de revistas espalhadas pelas bancas mundo afora são como elas aparecem ali: a perfeição não existe. Os recursos sim: uma roupa com bom corte, cabelos, pele e unhas bem cuidadas.

Compararmo-nos a elas é sofrer muito e constantemente. Elas são altas, magras, tem rosto de boneca, ricas. então, quando olhamos para elas parece que a única coisa que nos assemelha é o fato de sermos mulheres. NÃO!!!! Todas temos grilos, complexos, a síndrome da grama do vizinho que é mais verde. Atrás de toda aquela perfeição tem um batalhão de profissionais à disposição, uma vida de sacrifícios, a privacidade devassada. Oras, mas não estamos todas atrás da felicidade??? Quem disse que estas belíssimas são felizes ou mais felizes que você apenas por serem o que você pensa delas?

Morar numa casa maior, ter mais dinheiro, ser mais bonita, ser magra não são ingredientes de felicidade.

Sendo assim, vamos fazer um acordo? que tal começar a ser feliz pela parte menos agressiva a sua saúde física e mental? Começar por uma parte de você que já está disponível, ao seu alcance? Estou falando das suas roupas, de cada uma daquelas peças que você escolheu por algum motivo.

E este algum motivo deve ter sido:

- acho que esta peça combina comigo

- me senti bonita vestindo esta peça

- acho que esta peça com aquela outra que já tenho no armário vão fazer um belo look

- gosto do caimento, o tecido é legal, a estampa é alegre

- pareço chique com esta peça

- fico sexy

- preciso me vestir, então esta aqui serve (hum, se foi por este motivo que comprou, precisa se dedicar um pouco mais a você mesma)

Seja lá qual foi o seu motivo, você tem em mãos uma arma para levantar ou derrubar a sua autoestima. Sim, roupa faz isso. Engorda, emagrece, encolhe, estica, alarga, afina, dá seriedade, descontrai, dá credibilidade, gera desconfiança ou ao contrário. Aprender a escolher e usar bem as ruas roupas traz benefícios rápidos e bem menos custosos (não apenas financeiramente) do que tratamentos estéticos, dietas que na maioria das vezes resultam em aumento de peso depois de um tempo, cirurgias plásticas.

Não sou contra nenhum destes tratamentos que mencionei, sou a favor de uma alimentação equilibrada, de uma vida saudável e ativa, da prática de exercício, das drenagens linfáticas e tratamentos anticelulite, até das cirurgias plásticas também, e só estou querendo dizer que começar pelo guarda-roupa é bastante eficaz, os resultados são imediatos.

Por hoje, eu só quero que vocês pensem a respeito e assistam a este vídeo. Infelizmente está apenas em inglês e fala sobre como o nosso cérebro reage às dietas, porque elas não funcionam e prega o hábito de vida saudável como a forma mais eficaz de perder ou manter o peso: alimentação, atividade física 3x na semana, bebidas alcoólicas moderadas e tabaco zero.

Vídeo: Porque as dietas normalmente não funcionam?

 

Para quem quiser já colocar a mão na massa, aí vão várias dicas:

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 1

Passos para um guarda-roupa flex: postagem 2 – como sei o que tirar do armário

Passos para um guarda-roupa flex:postagem 3 – como organizar uma lista de compras

Mandamentos do guarda-roupa flex

Menos é mais também no guarda-roupa

A terceira peça: porque usar coletes, cardigans, jaquetas, blazers…

Com que calçado posso usar meia-calça?

Arara da semana – aprendendo a combinar cores

A imagem também é um patrimônio

Read article

Captura de Tela 2014-01-06 às 20.09.11

615

Quer ter o guarda-roupa dos sonhos??

Consultoria de Moda

janeiro 7, 2014

Este artigo que escrevi para a Revista Dahma do mês de Janeiro de 2014 vai te guiar sobre como ter o guarda-roupa dos sonhos.

Se engana quem pensa que isso significa ter um closet enorme, cheio de roupas, sapatos e bolsas e que precisa ter uma fortuna para construi-lo. O segredo está na organização para saber tudo que tem, no autoconhecimento para entender o que ter , na disciplina para não ceder a tentações das peças da estação que não forem contribuir para deixar o seu guarda-roupa mais flex.

Aqui tem um trechinho do artigo.

Para ler na íntegra, é só clicar neste link:

Revista Damha Janeiro

Captura de Tela 2014-01-06 às 20.09.11

Read article

CLOSET

1197

Mandamentos do guarda-roupa flex

Acessórios, Bolsas, Sapatos

setembro 11, 2013

 

CLOSET

O closet ideal não está no tamanho físico que ele tem, mas nas possibilidades de intercâmbio entre as peças que ele oferece.

Ter um guarda-roupa flex significa abrir o armário e ter lá dentro peças que se combinam, acessórios que completam as roupas e a bolsa que arremata o look com chave de ouro.

O Sem Espartilhos fala sobre este assunto o tempo todo e hoje eu resolvi escrever em uma postagem só algumas regrinhas de ouro.

1. Roupas: 5×1 lembrem-se que nos relacionamos com os outros na parte de cima do corpo. É para o que estamos vestindo na parte de cima: blusas, coletes, colares, jaquetas, brincos, tiaras que as pessoas olham enquanto conversamos e imediatamente quando nos veem. Por este motivo, é muito mais vantagem ter mais peças para a parte de cima do que para a parte debaixo. A regra aqui é de 5×1, ou seja para cada calça que tem no armário, 5 blusas. Imagina a flexibilidade que isso te dá!!

2. Sapatos: se o teu guarda-roupa é muito colorido, prefira os sapatos neutros para harmonizar e não ficar com os looks coloridos demais. Se, ao contrário, no teu guarda-roupa predominam as cores neutras, os sapatos podem ganhar mas cores e aí você consegue dar mais vida ao teu look. Esta pode ser uma boa maneira de manter seu visual atualizado, já que pode optar por aplicar alguma tendência atual de moda nos sapatos.

3. Bolsas: já foi o tempo em que as bolsas precisavam ser combinadas com os sapatos. Basta que elas estejam em harmonia com as cores que está vestindo. A bolsa que você precisa ter depende muito do guarda-roupa que você tem, do seu estilo e do seu ambiente de trabalho.

Bolsas mais rígidas são mais clássicas e se adaptam bem a um ambiente de trabalho mais conservador.

Mae-Classica-Bolsa-Prada-417x450

Bolsas mais molengas do tipo sacola são mais informais e servem para ambientes mais descontraídos.

neverfull ebene damier

Em termos de cor, acho o marrom e suas variáveis (conhaque, bege, caramelo, off-white) muito mais versátil que o preto. Tenha uma preta como segunda opção.

4. Bijus:

Brincos: aposte no brinco ponto de luz e na pérola como dois grandes coringas. São usáveis com tudo e não brigam com roupa nenhuma.

Pulseiras: tenha sempre as mais discretas e fininhas se quiser uma aparência elegante.

Colares: os mais delicados são mais clássicos e elegantes. Os maxicolares dão um ar mais poderoso. É legal ter um de cada para variar a imagem que quer passar.

Anéis: vale a mesma regra. Os menores são mais clássicos e mais elegantes. Os anéis mais largos e brilhosos são mais luxuosos e poderosos.

Se você gosta de usar acessórios é importante se atentar ao tamanho das peças. Se já está usando uma peça muito grande, use as outras de tamanho bem pequeno para não sair parecendo uma árvore de natal.

———————————————

Mais sobre versatilidade:

Menos é mais também no guarda-roupa

Qual é o guarda-roupa dos seus sonhos?

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

Vestir-se pode ser como comer a sua sobremesa favorita

Não existe tipo físico ideal, existe o seu

O que vale a pena ou não pagar caro

Como usar calça branca

 

Read article

tumblr_lbtdgwxHES1qazq41o1_500_large

2227

Passos para um guarda-roupa flex Post 3: Como organizar uma lista de compras

Acessórios, autoestima, Consultoria de Moda, Sapatos

setembro 10, 2013

tumblr_lbtdgwxHES1qazq41o1_500_large

Antes de sair para comprar, é importante saber o que realmente está faltando no seu guarda-roupa. Sair para comprar sem um objetivo é certeza de voltar para casa mais seduzida por uma vitrine bem montada do que com peças que realmente fariam a diferença na hora de vestir e de combinar com o que já tem em casa

Mãos à obra! Estes são os passos que você precisa seguir antes de sair às compras:

1. feita a limpeza no armário sobre a qual falei na postagem 1, você deve agora fazer uma espécie de inventário do que ficou. Isso significa listar o número de:

1. calças lisas e estampadas

2. saias lisas e estampadas

3. blusas lisas e estampadas

4. jaquetas, casacos e afins

5. sapatos

Feita e lista, a segunda etapa é fazer a conta e ver o que tem mais. Por exemplo, se você tiver um guarda-roupa cheio de estampas tanto na parte debaixo quanto na de cima,  melhor a fazer para tornar o guarda-roupa mais versátil é investir em peças lisas. O contrário também funciona.

Veja se consegue fazer pelo menos 3 combinações com cada calça e saia que tem. O ideal são 5 com cada, mas se conseguir 3 é sinal que está no caminho certo. Se tiver peças que te permitam muito pouco uso, avalie se vale a pena mantê-la. Se a resposta for sim, na lista de compras precisam ter peças que vão te ajudar a usar mais aquela calça ou saia que está com uso limitado.

Um guarda-roupa versátil não é aquele entulhado e cheio de coisas que não conseguimos usar. A versatilidade está ligada ao uso de cada uma das peças que estão ali em várias versões diferentes.

Compre com foco. Invista seu dinheiro sim, mas faça ele valer cada centavo gasto.

Beijos.

——————————————–

Outras postagens da série:

Passos para um guarda-roupa flex Post 1

Como sei o que tirar do armário Post 2

Olha quanta postagem legal sobre o assunto:

Edite seu guarda-roupa 1; limpe seu guarda-roupa

Edite seu guarda-roupa 2: o que eu tenho

Edite seu guarda-roupa 3: o que eu preciso

Edite seu guarda-roupa 4: o que eu quero 

 

Como guardar as suas peças

Cabides

Como guardar suas roupas

Como guardar suas roupas: fotos

Como guardar seus sapatos

Como guardar suas bolsas

Resgate-se pela moda

Seja sua própria musa

Como ser a sua própria musa

Estilo

 

Read article